Campeonato Pernambucano featured

Com Arruda lotado, Santa Cruz vence o Náutico e abre boa vantagem na semi

4/21/2016 12:11:00 AMReginaldo Júnior





Pernambucano 2016, semifinal: Santa Cruz x Náutico. Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz
Empolgado com a classificação à final do Nordestão e barateando o ingresso para contar com o calor de sua torcida, o Santa Cruz fez a festa no Arruda. Era jogo de campeonato, decisivo, mas a desenvoltura que o time coral atuou foi impressionante, impondo ao Náutico um resultado duríssimo no jogo de ida da semifinal, 3 x 1. Como neste ano o saldo de gols é critério de desempate, só uma goleada alvirrubra poderá tirar o Tricolor de sua quinta final nos últimos seis anos.

Com 39.999 torcedores presentes, superando todas as expectativas, o Santa quebrou a estratégia do Náutico com apenas nove minutos. Keno avançou pela ponta esquerda, fez o que quis em cima de Joazi e cruzou para Arthur marcar o seu primeiro gol coral. Foi abraçar Keno, consciente do papel desempenho pelo jogador mais decisivo do futebol pernambucano neste início de temporada. Em vantagem, o time comandando por Milton Mendes acabou recuando um pouco, dando o campo para o adversário. Entretanto, o Timbu não esteve numa noite feliz, errando muitos passes. Quase não finalizou na meta de Tiago Cardoso, cujo maior susto foi numa bola cruzada. Faltou instigação aos alvirrubros, com Renan preso na marcação, se limitando a poucas jogadas verticalizadas.

Pernambucano 2016, semifinal: Santa Cruz x Náutico. Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz

Precavido, o Santa explorava os contragolpes, com Grafite trabalhando muito bem a bola. No intervalo, Dal Pozzo apostou na entrada de Esquerdinha no lugar de Gil Mineiro, perdido no meio-campo. Era, de fato, necessário melhorar a saída de bola. Mais uma vez, deu nem tempo de aplicar a nova formação. Em cobrança de escanteio, aos nove minutos, o Tricolor ampliou. Em noite iluminada, Arthur de novo. Outra cabeçada, outra vez batendo na trave antes de entrar. Dominando a partida, bem postado, com grande atuação de Uillian Correia na contenção, o Santa manteve o ritmo. Num contragolpe aos 24, com quatro corais contra apenas dois alvirrubros, o time foi tocando a bola, Tiago Costa recebeu na entrada da área e bateu no cantinho de Júlio César. Detalhe: também foi o seu gol na competição.

O gol foi a senha para muitos alvirrubros saírem do Arruda ao som de “Adeus, Náutico”. Com tamanha vantagem, Milton Mendes se deu ao luxo de substituir Grafite (por Wallyson) para poupar o craque, jogos decisivos pela frente. A goleada parecia mesmo encaminhada, e o mandante ainda mandou uma bola na trave, mas no fim o Náutico ganhou sobrevida. Num chute de Joazi, desviado na zaga, o gol de honra para deixar a semifinal aberta. Ainda que a vantagem coral seja considerável…

Pernambucano 2016, semifinal: Santa Cruz x Náutico. Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz
Fonte: Diário de Pernambuco/Cássio Zirpoli


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.