Campeonato Pernambucano

Náutico aproveita momento do Central, vence e reassume liderança

4/03/2016 06:22:00 PMReginaldo Júnior

Jogo pendeu para caruaruenses, no primeiro tempo, mas, na etapa final, Alvirrubro aproveitou-se do fato de Patativa perder três jogadores por expulsão e marcou 3 a 0




Depois de 15 dias de treino, o Náutico voltou a campo pelo Campeonato Pernambucano, na tarde deste domingo, e manteve a boa fase no Estadual. Contra um já combalido Central, sem chances de classificação, os alvirrubros apresentaram-se para o gasto, na Arena Pernambuco, e venceram por 3 a 0, com dois gols de Daniel Morais e um de Ronaldo Alves. A Patativa, que tinha três atletas de linha, no banco de reservas, perdeu três por expulsão durante o encontro. Com a vitória, o Náutico reassume a liderança da competição e, no próximo domingo, decide contra o Salgueiro, no Sertão, na última rodada do Hexagonal do Título, o topo da tabela.

O Náutico volta a campo nesta quarta-feira. Recebe o Vitória da Conquista-BA, pela Copa do Brasil. A partida acontece no estádio do Arruda. O primeiro jogo acabou em 0 a 0. O Central só volta a atuar no domingo, contra o América-PE, na última rodada do Estadual.

Náutico x Central (Foto: Marlon Costa (Pernambuco Press))Náutico jogou para o gasto e venceu Central facilmente na Arena Pernambuco (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

Mesmo sem pretensão no Campeonato Pernambucano e com um time recheado de jovens, o Central deu trabalho ao Náutico no primeiro tempo. Foram 45 minutos de um futebol fraco dos dois lados, mas os caruaruenses assustaram o goleiro Rodolpho três vezes. Gustavo Henrique acertou a trave logo aos seis minutos. Lourival e Índio obrigaram o goleiro do Timbu a praticar excelentes defesas. Os alvirrubros deram trabalho a Juninho em uma bela cabeçada de Renan Oliveira, que por pouco não entrou. O camisa 1 da Patativa pegou a bola em cima da linha.

O Náutico voltou para a etapa final com outra postura. Ao sentir a fragilidade do adversário, o técnico Gilmar Dal Pozzo pediu maior agressividade. E, logo aos cinco minutos, teve a resposta. Daniel Morais aproveitou belo passe de Renan Oliveira, entrou na área e tocou na saída de Juninho. O gol acordou o Timbu, que foi para cima e teve diversas oportunidades. Aos 26, Ronaldo Alves perdeu um pênalti, mas aos 38 ele se redimiu ao aproveitar cruzamento de Henrique e empurrar para o fundo das redes. No finzinho, aos 43, Daniel Morais fez o segundo dele e deu números finais ao confronto.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.