Campeonato Paulista featured

Na estreia do Allianz em 2016, Palmeiras dá vexame e entra pressionado na Libertadores

2/13/2016 06:22:00 PMReginaldo Júnior




Três jogos sem vencer e um resultado péssimo no primeiro jogo diante do torcedor no Allianz Parque.

PUBLICIDADE

Assim chega o Palmeiras para a estreia na Copa Libertadores, marcada para a próxima terça-feira contra o River Plate, no Uruguai. Na tarde deste sábado, a equipe alternativa escalada por Marcelo Oliveira exibiu-se sem criatividade e desentrosada. Melhor para o Linense, que com dois gols de Pottker, derrotou o rival grande pelo placar de 2 a 1 e venceu a primeira no Campeonato Paulista.
Mal começou o ano, e o Palmeiras já se vê pressionado. O título da Copa do Brasil é tratado como passado e os resultados em 2016 não agradam. São três empates seguidos e apenas uma vitória no Estadual - logo na estreia contra o Botafogo-SP. Os seis pontos, no entanto, deixam o clube alviverde ainda na liderança do grupo B.

O foco na Libertadores ficou evidente. Para o duelo deste sábado, o técnico Marcelo Oliveira poupou titulares e promoveu estreias, como a do meia Moisés. A equipe alternativa apresentou falhas: a falta de entrosamento se mostrava como o principal desafio. Foram poucas chances de gol e muitos erros no setor mais adiantado; a marcação bem posicionada do Linense também se destacou.

Mesmo em uma tarde pouco inspirada, o Palmeiras saiu em vantagem. Alecsandro recebeu na área e caiu. A arbitragem anotou pênalti para reclamação dos jogadores da equipe interiorana. Incólume a qualquer questionamento da legitimidade do lance, o próprio Alecsandro cobrou forte, no canto direito de Oliveira, e abriu o marcador no Allianz Parque.

Nem deu tempo para comemorar.

Maduro e sem ‘tremer' na arena palmeirense, o Linense aproveitou-se de uma falta de entrosamento para empatar. Depois de longo lançamento, Pottker invadiu a área com espaço e tocou de perna esquerda para superar Fernando Prass e decretar a igualdade ao final da primeira etapa.

O empate trouxe a pressão de volta. O Palmeiras sentiu-se incomodado com a postura cautelosa do Linense e penou para criar chances. Muitas bolas levantadas para a área e lançamentos em profundidade foram utilizados, mas em nenhum momento o clube do interior acabou ameaçado de maneira clara.

Sem a esperada pressão palmeirense, o Linense cresceu e foi recompensado. Em novo contra-ataque, Thiago Humberto lançou Pottker, que invadiu a área e tocou na saída de Fernando Prass. Vitória surpreendente do visitante, e vaias e mais vaias para Marcelo Oliveira e companhia.
Polêmica
SERGIO BARZAGHI/Gazeta Press
Alecsandro anotou o único gol do Palmeiras
Alecsandro anotou o único gol do Palmeiras, depois de pênalti polêmico
Bola para dentro da área, contato e jogador no chão. Mesmo com muitos questionamentos dos jogadores do Linense, o árbitro Jose Claudio Rocha Filho apitou a marca da cal e anotou falta sobre Alecsandro.

No lance, o centroavante tentou ganhar da marcação e sofreu um contato. O Linense acusou o jogador palmeirense de ‘se jogar' na área. O lado alviverde, por outro lado, viu a penalidade com justiça.

Mais uma polêmica para o Campeonato Paulista.

Criatividade zero

Depois de um empate com gols na primeira etapa, o Palmeiras retornou para a segunda etapa a fim de exercer uma pressão para conquistar os primeiros três pontos em 2016 no Allianz Parque.

Todo o desejo de vitória desmilinguiu-se em uma atuação pouco inspirada. A equipe alternativa do Palmeiras apresentou falhas, especialmente no setor mais criativo.

Nomes como Allione, Régis (que entrou na segunda etapa) e Egídio, um dos atletas mais acionados, falharam nos passes e permitiram ao Linense acreditar em uma tarde ainda melhor no Allianz Parque.
Com pouca criatividade e um rival crente na vitória, veio o castigo. Contra-ataque e gol para sacramentar o primeiro triunfo do Linense no Paulista.
Ale Cabral/ Agif/Gazeta Press
Moisés estreou pelo Palmeiras na tarde deste sábado contra o Linense
Moisés estreou pelo Palmeiras na tarde deste sábado; time alviverde criou pouco
Próximo desafio

Depois de deixar o Allianz Parque sob vaias, o Palmeiras precisa se recuperar em apenas três dias. Na terça-feira, a partir das 19h (de Brasília), o clube alviverde encara o River Plate, do Uruguai.
Pelo Estadual, o próximo duelo palmeirense ocorrerá no sábado, a partir das 17h, contra o Santos, novamente no Allianz Parque.

O agora embalado Linense, após a primeira vitória no Paulista, encara o Mogi-Mirim já na quarta-feira, às 19h30, pela quinta rodada da competição estadual.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 2 LINENSE

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 13 de fevereiro de 2016, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Luis Alexandre Nilsen e Rafael Tadeu Alves de Souza (ambos de SP)
Público: 20.768 pagantes
Renda: R$ 1.220.429,56
Cartões amarelos: Pottker, Marcão, Zé Antônio e Ricardinho (Linense)

Gols:
PALMEIRAS: Alecsandro (pênalti), aos 37 minutos do primeiro tempo
LINENSE: Pottker, aos 39 minutos do primeiro tempo e aos 36 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos, Matheus Sales, Rafael Marques (Erik), Moisés (Régis) e Allione; Alecsandro
Técnico: Marcelo Oliveira

LINENSE: Oliveira; Bruno Moura, Adalberto, Ednei e Rogério (Rogerinho); Marcão, Zé Antônio, Fillipe Souto (Lazaroni) e Thiago Humberto; Ricardinho (Cristiano) e Pottker
Técnico: Moacir Júnior

Fonte: ESPN


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.