Campeonato Carioca featured

Mancuello estreia bem, e Arão brilha em goleada do Fla sobre a Portuguesa

2/10/2016 10:49:00 PMReginaldo Júnior

Argentino dá assistência para Guerrero, enquanto camisa 8 faz dois gols e cria jogada do quarto marcado pelo Rubro-Negro com lindo lançamento para Emerson Sheik




Willian Arão e Guerrero comemoram o segundo gol do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)
Willian Arão e Guerrero comemoram o segundo gol do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)
 
No primeiro jogo oficial de Mancuello, o Flamengo massacrou a Portuguesa: 5 a 0, em Volta Redonda. Willian Arão (duas vezes), Guerrero, Emerson Sheik e Rodinei fizeram os gols. O argentino começou muito bem e deu assistência para o peruano abrir o placar. Mas a noite foi mesmo de Arão, maestro rubro-negro. Além de ter sido o artilheiro do duelo, apareceu muito na frente e deu lindo lançamento para Emerson Sheik sofrer pênalti. O próprio 11 converteu.

O Flamengo, segundo colocado no Grupo B com sete pontos, volta a campo no domingo, quando disputará seu primeiro clássico na temporada, contra o Vasco, às 17h, em São Januário. A Portuguesa, na sexta colocação do Grupo A, joga um dia depois, no Raulino de Oliveira, às 19h30, contra o time da casa, o Volta Redonda. O público foi de 7.077 pagantes (8.205 presentes), e a renda, de R$ 181.765,00.

O Rubro-Negro começou em ritmo avassalador, com Mancuello e Willian Arão criando muito. Sheik perdeu pênalti controverso marcado a favor do Fla, aos 13 minutos. Mas o erro não freou o ímpeto da equipe, que abriu o placar com Guerrero, aproveitando cruzamento de Mancu, aos 31. Quatro minutos depois, Sheik achou Arão com belo lançamento, e o meio-campista, de costas para o gol, fez o movimento perfeito de cabeça e tirou qualquer chance de reação do goleiro Márcio.

Na etapa final, o mesmo ritmo, e o Flamengo fez o terceiro aos 14, em boa jogada. Guerrero pisou, Cirino rolou, e Arão finalizou de pé esquerdo. Para completar, a Portuguesa teve Allan Miguel e o goleiro Márcio foram expulsos aos 24 e 27 minutos, respectivamente. O último ao cometer pênalti - o zagueiro Fernando foi para o gol. Sheik converteu, marcando o quarto. Destaque para o lançamento de Arão na jogada da penalidade. No fim, Rodinei disparou em alta velocidade e soltou a bomba para anotar o quinto gol. Fernando, o zagueiro-goleiro, foi totalmente sem jeito para a bola.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.