Campeonato Paulista featured

Corinthians vence e chega 100% para 1º reencontro com São Paulo pós-6 a 1

2/12/2016 12:42:00 AMReginaldo Júnior




Em um período de reconstrução após o hexacampeonato brasileiro no fim do ano passado, o Corinthians não poderia chegar melhor ao primeiro clássico do ano. Na noite desta quinta-feira, a equipe comandada por Tite segurou a maior parte da etapa final com um a menos (Edílson foi expulso), venceu o Capivariano por 2 a 1, na Arena, e manteve os 100% de aproveitamento após três rodadas de Campeonato Paulista.

As três vitórias dão confiança antes do esperado duelo contra o São Paulo, marcado para domingo. O Corinthians, líder do grupo D com nove pontos, reencontra o rival do Morumbi pela primeira vez desde a goleada por 6 a 1 aplicada na reta final do Brasileiro do ano passado.

Enquanto o time alvinegro chega com confiança para o clássico de domingo, o Capivariano faz um início de Paulista preocupante. Depois de três jogos, a equipe do interior somou apenas um ponto e segue na lanterna do grupo C.

Diante de uma mini-maratona de três jogos em sete dias, Tite escalou uma equipe alternativa, galgando os recém-contratados Marlone e Guilherme ao time titular. No entanto, quem resolveu no início foi um velho conhecido: Romero, aos 2min, abriu o placar na Arena Corinthians.


A equipe visitante, contudo, cresceu de rendimento, muito graças a uma sequência de erros do Corinthians. Em uma bola parada ocorrida aos 30min da primeira etapa, o zagueiro Vilson, também pela primeira vez titular com Tite, desviou contra o próprio gol e igualou o marcador em Itaquera.
Se Romero, um velho conhecido resolveu no primeiro tempo, Guilherme tratou de dar a vitória ao Corinthians logo no início da etapa final. Com apenas 1min30 de jogo após o intervalo, o camisa 10 arriscou de primeira, com a perna esquerda, e venceu o goleiro Pedro Henrique para manter os 100% de aproveitamento corintiano neste início de temporada.

Nem a expulsão de Edílson, que recebeu o segundo cartão amarelo por ofender a arbitragem, prejudicou o clube de Parque São Jorge. Aos poucos, o Capivariano cansou, e a terceira vitória corintiana saiu. Melhor jeito de desembarcar antes do primeiro grande desafio da temporada.

Relâmpago

MIGUEL SCHINCARIOL/Gazeta Press
Romero Corinthians
Romero deixou mais uma vez a sua marca na Arena Corinthians
A equipe alternativa escalada por Tite demorou apenas dois minutos para responder positivamente. A marcação adiantada, a intensidade e a variação no ataque se manteve, e o clube de Parque São Jorge abriu o placar com quem mais se destaca neste início de temporada.

Logo aos 2 minutos, o lateral-direito Edílson recuperou bola na intermediária, carregou com liberdade e arrematou rasteiro. A bola encontrou o paraguaio Ángel Romero, que, bem posicionado, tocou de primeira para anotar o seu quarto gol na temporada 2016; o segundo no Campeonato Paulista.
Inacreditável, Marlone

A vantagem no marcador permitiu ao Corinthians atuar com mais liberdade. Durante alguns minutos, o desentrosamento ficou em segundo plano, e a equipe de Tite controlou o jogo desta quinta-feira. O segundo gol amadureceu, mas Marlone desperdiçou de uma maneira incrível (por duas vezes).

Ainda aos 8min, Willians invadiu a área e bateu de perna direita para boa defesa de Pedro. A bola sobrou na medida para Marlone, que, com certa displicência, parou na zaga rival. Na sequência, livre dentro da pequena área, o camisa 8 isolou de canhota, para lamentação do público alvinegro.

Estreia inesquecível

Pela primeira vez como titular, Guilherme teve uma noite para se recordar, especialmente por um lance ocorrido no segundo tempo.

Com apenas um minuto e meio de jogo na etapa final, o Corinthians, que sofrera com uma queda de rendimento após os lances perdidos por Marlone, retomou a vantagem no placar em um lance de felicidade e sorte.

Após a defesa do Capivariano afastar a bola, Guilherme pegou de primeira, de canhota, e viu a bola desviar no meio do caminho. Ela ainda tocou a trave antes de entrar na rede do goleiro Pedro Henrique.

Próximo desafio

Depois de abrir a ‘mini-maratona', o Corinthians se concentra para mais um compromisso pelo Campeonato Paulista. No domingo, a partir das 17h (de Brasília), a equipe de Parque São Jorge recebe o arquirrival São Paulo, na Arena, no primeiro reencontro desde o 6 a 1 do último Brasileiro.

Em contrapartida, o Capivariano, com apenas um ponto em três rodadas, duela contra o Água Santa também no domingo, mas às 16h. O confronto ocorrerá na cidade de Diadema, na Grande São Paulo.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 2 X 1 CAPIVARIANO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 11 de fevereiro de 2015, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Anderson José de Moraes Coelho
Público: 23.143 pagantes
Renda: R$ 1.113.209,00
Cartões amarelos: Fagner (Corinthians); Everton Dias (Capivariano)
Cartão vermelho: Edílson (Corinthians)

Gols:Corinthians: Romero, aos dois minutos do primeiro tempo, e Guilherme, a um minuto do segundo tempo;
Capivariano: Marlon, aos 29 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Felipe, Vilson e Uendel; Willians, Romero (Giovanni Augusto), Maycon, Guilherme (Fagner) e Marlone (Lucca); Danilo. Técnico: Tite

CAPIVARIANO: Pedro Henrique; Maguinho, Wagner, Leandro Silva e Marlon; Everton Dias, Jácio (Chico), Samuel e Kleiton Domingues (Romão); Rogerinho e Rodolfo (Carlão). Técnico: Evaristo Piza

Fonte: ESPN




You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.