Campeonato Paulista featured

Corinthians bate São Paulo, segue 100% e mantém freguesia tricolor em Itaquera

2/14/2016 07:15:00 PMReginaldo Júnior




Não foi o "6 x 1" de 2015, também não foi um grande jogo, mas serviu para manter um importante tabu para o torcedor corintiano. Com uma falha grotesca de Lucão, o oportunismo do aniversariante Lucca e um gol de cabeça de Yago, o Corinthians venceu o São Paulo por 2 a 0, no primeiro clássico do Campeonato Paulista, disputado na tarde deste domingo (14), na Arena Corinthians.


 Desde que a Arena foi construída em Itaquera, na Zona Leste paulistana, os corintianos não cederam um empate sequer ao rival. O retrospecto ficou ainda melhor após este Majestoso. São quatro partidas em casa contra os tricolores e quatro vitórias.

O gol que abriu o placar do clássico saiu aos 23 minutos do primeiro tempo. A bola sobrou limpa para a zaga do São Paulo. Lucão e Mena não definiram quem ia para o lance. Pressionado, Lucão tentou recuar para Denis e deu nos pés de Lucca. O aniversariante deste domingo não perdeu o presente e marcou.

O jogo mudou de panorama no segundo tempo. Mais defensivo, o Corinthians esperou por um erro do São Paulo para matar a partida. Com mais posse de bola, os tricolores demoraram a criar. Quando conseguiu atacar, Cássio defendeu a cabeçada de Mena e evitou o empate.

O gol que definiu o placar saiu aos 40. Yago aproveitou a sobra de bola e cabeceou sem chances para Denis.

Com o resultado, o Corinthians chegou a 12 pontos, segue 100% e lidera com folga o grupo D do Paulistão. O São Paulo é o terceiro no grupo C, com quatro pontos conquistados.
zoeira never ends 

SERGIO BARZAGHI/Gazeta Press
Torcedor do Corinthians exibe faixa do '6x1' antes de clássico contra o São Paulo
Torcedor do Corinthians exibe faixa do '6x1'  
Se algum ambulante fez uma faixa relembrando o 6 x 1 do Campeonato Brasileiro de 2015, o domingo foi de voltar com o bolso cheio. Os corintianos não deixaram barato o retorno do rival à Itaquera e exibiram com orgulho os adereços em alusão à goleada.

Antes mesmo de a partida começar, parte da torcida corintiana gritava 6 x 1 para irritar os jogadores do São Paulo.
pressão

O Corinthians fez mais uma vez aquilo que amedrontou o São Paulo em todos os jogos disputados em Itaquera: pressão.

Desde o primeiro minuto, o time do Parque São Jorge forçou a saída de bola dos são-paulinos, sufocando a cada instante. A ideia demorou a funcionar, mas não falhou.

Quando Lucão errou e deu a bola no pé de Lucca, três jogadores do Corinthians estavam dentro da área tricolor, prontos para uma falha, preparados para qualquer vacilo adversário.

Gazeta Press
Dênis e Lucão ão conseguiram evitar o gol do Corinthians
Denis e Lucão não conseguiram evitar o gol
"Pedir desculpas pelas falhas, mas é tentar reverter e sair com a vitória", disse Lucão ainda no intervalo.
novo protesto

No início do segundo tempo de jogo, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira pediu para o zagueiro Felipe, do Corinthians, conversar com parte da torcida organizada corintiana para retirar as faixas de protesto exibidas nas arquibancadas.

Os torcedores diziam que o futebol era refém da empresa que detém os direitos de transmissão e cobravam ingressos mais baratos.

No meio da semana, a Polícia Militar entrou em confronto com a Gaviões da Fiel para retirar faixas de protesto.

Pelo Estadual, as duas equipes entrarão em ação no domingo que vem. O Corinthians jogará contra a Ferroviária, em Araraquara, enquanto o São Paulo tentará se recuperar diante do Rio Claro, de novo no Pacaembu.

Pela Libertadores, o Corinthians visita o Cobresal, no Chile, na quarta-feira. No mesmo dia, o São Paulo recebe o The Strongest no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 2 X 0 SÃO PAULO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 14 de fevereiro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Alex Ang Ribeiro (ambos de SP)
Público: 36.378 pagantes (total de 36.788)
Renda: R$ 2.050.496,50
Cartões amarelos: Guilherme Arana, Willians (Corinthians); Mena, Hudson (São Paulo)

GOLS: Corinthians: Lucca, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Yago, aos 40 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Guilherme Arana; Bruno Henrique, Maycon (Willians), Giovanni Augusto (Romero), Rodriguinho e Lucca; André (Danilo). Técnico: Tite

SÃO PAULO: Denis; Bruno (Caramelo), Rodrigo Caio, Lucão e Mena; Hudson, Thiago Mendes (Kelvin), Centurión (Rogério), Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos; Calleri. Técnico: Edgardo Bauza

Fonte: ESPN


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.