Copa do Nordeste featured

Protesto, replay e Brocador: Bahia bate o Confiança e se mantém 100% no ano

2/25/2016 11:55:00 PMReginaldo Júnior

Torcida tricolor protesta na primeira etapa, mas Hernane marca duas vezes em jogadas muito semelhantes. Bahia tem melhor campanha da Copa do Nordeste




Antes de embarcar para os Estados Unidos, onde tem um amistoso contra o Orlando City, time de Kaká, o Bahia fez o dever de casa. Nesta quinta-feira, o Tricolor venceu o Confiança por 2 a 0, com dois gols de Hernane, em partida válida pela terceira rodada da Copa do Nordeste. O duelo foi disputado na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Uma curiosidade é que os dois gols do Bahia aconteceram de maneira muito semelhante: Luisinho se deslocou entre os zagueiros, recebeu de Tinga e rolou para Hernane marcar. O Brocador chegou ao sexto gol em cinco jogos na temporada, estabelecendo a média de mais de um tento por partida.
Os números do Bahia são ótimos. O time tem 100% de aproveitamento na temporada, com seis triunfos em seis jogos. Com o resultado desta quinta-feira, chegou a nove pontos e se manteve na liderança do grupo C, além de ostentar a melhor campanha do Nordestão. O Confiança amarga a lanterna da chave com apenas um ponto conquistado.

As duas equipes voltam a campo neste final de semana. O Bahia viaja para os EUA, onde encara o Orlando, no sábado. O Confiança joga no domingo contra o Dorense, pelo Campeonato Sergipano.

Bahia x Confiança Fonte Nova (Foto: Jayme Brandão / Divulgação / E.C. Bahia)O Bahia levou a melhor e venceu o Confiança na Fonte Nova (Foto: Jayme Brandão / Divulgação / E.C. Bahia)


Pouco futebol e protesto da torcida
O Bahia iniciou a partida bem ao seu estilo, empurrando o adversário para o campo de defesa e apresentando muito volume de jogo pelo lado direito do ataque, com Luisinho e Danilo Pires trocando de posições, além da chegada forte de Tinga. As melhores oportunidades foram criadas pelo Tricolor, em cobrança de escanteio que quase virou gol olímpico de Juninho e um chute de Luisinho que foi interceptado pela defesa. O Confiança se limitava a tentar surpreender nos contra-ataques, mas a tática não funcionou. A melhor oportunidade da equipe sergipana foi com Leandro Kível, que arriscou com perigo de fora da área.

Da metade para o final da primeira etapa, o Tricolor diminuiu o ritmo, o Dragão melhorou a marcação, e as chances de gol se tornaram escassas. O nível da partida caiu, e isso se refletiu nas arquibancadas. Parte dos torcedores protestaram contra a diretoria e também contra a Arena Fonte Nova. Gritos de “Queremos jogador!” e “Pituaçu [estádio baiano mantido pelo governo] é melhor do que você” foram ouvidos das arquibancadas.  

Replay na Fonte: Brocador marca mais dois
O Bahia não deu possibilidade de respiro ao adversário. Logo com um minuto de bola rolando no segundo tempo, o time desceu para o ataque pela direita, Tinga e Luisinho trocaram figurinhas, e Hernane completou para o fundo da rede. A equipe da casa não forçou o ritmo, mas, mesmo assim, criou boas oportunidades com Juninho, de falta, e Danilo Pires. Sem forças para reagir, o Confiança via o Tricolor trocar passes e administrar o resultado. Até que, em jogada muito semelhante à do primeiro gol, a equipe de Doriva ampliou. Tinga viu Luisinho se deslocar entre os zagueiros e fez o passe. O atacante invadiu a área e rolou para Hernane, livre, marcar.

Logo após o segundo gol, Doriva substituiu alguns de seus principais jogadores, e o Tricolor seguiu administrando o resultado. No fim do jogo, Caíque e Luisinho se desentenderam, e o jogador do Confiança foi expulso. Foi o suficiente para membros das duas comissões técnicas trocarem insultos. Os jogadores que estavam no banco de reservas também se exaltaram. O goleiro Jean chegou a trocar empurrões com jogadores do Confiança e precisou ser contido ao final do confronto.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.