Campeonato Pernambucano featured

Mais bem entrosado, Salgueiro vence o Sport por 1 a 0 na estreia do Campeonato Pernambucano

1/31/2016 06:33:00 PMReginaldo Júnior

Com a base do ano passado mantida, Carcará dominou o Leão no primeiro tempo





Williams Aguiar/ Sport
O entrosamento do Salgueiro falou mais alto e levou o time à vitória por 1 a 0 diante do Sport, neste domingo, no estádio Cornélio de Barros, no Sertão Pernambucano. O time da casa teve superioridade no primeiro tempo, quando marcou seu gol, e soube segurar o Leão, que tentou reagir na etapa final, mas não conseguiu reverter o resultado.

Era o primeiro teste para valer no ano tanto para Salgueiro, quanto para Sport. Das duas equipes, no entanto, a que mais sentiu o início da temporada foi o Leão. Por manter praticamente o mesmo time do ano passado, o Carcará foi superior ao adversário que, pelo contrário, passou por várias mudanças. Assim, enquanto o Rubro-negro tinha dificuldades para colocar seu jogo, o time da casa mostrava uma boa dinâmica e poucos erros de passes.

No primeiro tempo, a chave do jogo esteve na posse de bola. O Salgueiro tinha plena noção do que fazer quando atacava. O Sport, por sua vez, não acertava as jogadas, com problemas principalmente na saída de bola: poucas trocas de passe e ligações diretas demais. O resultado foi que o Leão não ameaçou o gol adversário. Ao contrário do Carcará, que abriu o placar aos 12 minutos, em jogada pela direita de Marcos Tamandaré, que cruzou para Cássio Ortega, livre, marcar. Houve chances, ainda, para o time da casa ampliar.

No segundo tempo, o Sport melhorou com as alterações feitas por Falcão. A primeira delas, a entrada de Luiz Antônio na vaga de Serginho, um dos piores em campo na etapa inicial, foi a mais importante. O pedido do técnico para evitar ligações diretas e trocar mais passes passou a ser atendido. Naturalmente, as oportunidades começaram a aparecer. Numa falta próxima à linha da grande área, por pouco, Túlio de Melo não empatou, na melhor chance do Leão na partida até então.

Embora a vantagem no placar fosse mínima, o Salgueiro optou por se resguardar no segundo tempo, preferindo sair nos contra-ataques. É uma opção que o técnico Sérgio China já fez outras vezes e que, inevitavelmente, chama o adversário para cima. O Sport aumentou a pressão substancialmente a partir da metade do segundo. E criou outra grande chance, em cabeçada de Túlio de Melo que Luciano salvou, fazendo grande defesa.

Mas foi só. A pressão não foi suficiente para dar ao Sport o gol de empate. O conjunto do Salgueiro falou mais alto, diante de um Leão desentrosado. As peças não funcionaram nem coletiva, nem individualmente, mostrando que o time precisa evoluir bastante para chegar ao nível, por exemplo, do Brasileiro do ano passado.

Ficha do jogo

Salgueiro
Luciano; Marcos Tamandré, Ranieri, Rogério e Daniel; Rodolfo Potiguar, Moreilândia, Cássio Ortega (Lucas Piauí) e Piauí; Jefferson Berger (Jaíldo) e Anderson Lessa (Totti). Técnico: Sérgio China

Sport
Danilo Fernandes; Samuel Xavier (Wallace), Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Serginho (Luiz Antônio), Everton Felipe (Fábio), Maicon e Mark González; Túlio de Melo. Técnico: Paulo Roberto Falcão

Estádio: Cornélio de Barros (Salgueiro). Árbitro: Gilberto Castro Júnior. Clóvis Amaral e Elan Vieira. Assistentes: Gol: Cássio Ortega (aos 12 do 1oT). Cartões Amarelos: Renê (Spo), Rogério e Cássio Ortega (Sal). Público: 3.081. Renda: R$ 20.847.

Fonte: Super Esportes


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.