Campeonato Paulista featured

Romero garante vitória do Corinthians nos acréscimos do jogo com o XV

1/31/2016 06:27:00 PMReginaldo Júnior





Rodriguinho chutou para longe a melhor entre as raras oportunidades que o Corinthians teve para conquistar uma vitória com maior tranquilidade em sua estreia oficial em 2016. Com um pênalti desperdiçado pelo armador no primeiro tempo, o resultado positivo só acabou assegurado nos acréscimos do segundo. Pelo paraguaio Ángel Romero, que fez o desmantelado campeão brasileiro de 2015 largar no Campeonato Paulista com uma vitória por 1 a 0 sobre o XV de Piracicaba neste domingo, em Itaquera.

Mesmo com os 3 pontos ganhos no grupo D do Estadual – o mesmo de Água Santa, Rio Claro, Red Bull Brasil e Mogi Mirim –, o Corinthians viu os seus problemas criativos ficarem evidentes dentro de casa. O XV está na chave C, ao lado de Grêmio Osasco Audax, Capivariano, São Paulo e Ferroviária.

Esperando melhorar quando contar com todos os seus reforços – Marlone já estreou, mas Guilherme, Giovanni Augusto e André ficaram somente na torcida em Itaquera –, o time do técnico Tite voltará a campo diante do Audax, no José Liberatti, na noite de quinta-feira. Um dia antes, o XV receberá o Rio Claro no Barão de Serra Negra.

Em grande fase, atacante paraguaio fez o gol da vitória na estreia corintiana (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Em grande fase, atacante paraguaio fez o gol da vitória na estreia corintiana (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
O jogo – O Corinthians não demorou muito a provar que dará trabalho a Tite nos primeiros meses do ano. Com o seu setor ofensivo completamente desmantelado em relação ao ano passado, o time teve dificuldades para incomodar o XV de Piracicaba, que pisou no gramado de Itaquera disposto apenas a se defender.

Último entre os reservas promovidos a titulares, Lucca estava ainda mais desafinado do que os seus companheiros. Foi ele quem isolou a bola aos 20 minutos, livre de marcação dentro da área adversária, após um bom cruzamento da direita de Romero.

O paraguaio, antes no ostracismo e alvo de gozações, era o principal homem de frente corintiano. Romero fazia boas triangulações com Fagner pela direita e tentava compensar a falta de criatividade de Rodriguinho, que não conseguia ser produtivo nem mesmo com o auxílio do falso centroavante Danilo.

Com problemas para finalizar as suas jogadas, o Corinthians ganhou a chance que tanto aguardava aos 27 minutos, quando Yago caiu dentro da área após sofrer falta de Heitor. Rodriguinho se apresentou para a cobrança do pênalti, que encarou como um tiro de meta. Mandou a bola para fora.
O XV de Piracicaba se animou com a penalidade desperdiçada pelo Corinthians. O técnico Claudinho Batista enfim tirou a sua equipe do campo de defesa e chegou a comemorar um gol – por pouco tempo. Aos 30, Cássio fez grande defesa em cabeçada de Rodrigo Silva, e Heitor completou para a rede, porém em posição de impedimento.

Nos minutos finais da primeira etapa, na tentativa de voltar a acuar os visitantes, Tite mandou Romero para o lado esquerdo do campo e trouxe Lucca para a direita. O intuito era confundir a marcação do XV de Piracicaba. Não adiantou.

Ainda assim, Tite foi paciente. Esperou 15 minutos antes de trocar Lucca por Marlone. No XV, cuja torcida parecia começar a acreditar em uma vitória, Claudinho Batista resolveu substituir Aloísio por Adriano.

O panorama da partida, no entanto, continuou o mesmo. O Corinthians até pressionava, mas quase não concluía. Romero esbanjava vontade para avançar com o apoio de Elias. Só que corria de cabeça baixa e atrapalhava-se com o seu pé esquerdo. Danilo era pouco participativo. Marlone errava passes. Rodriguinho melhorou com arrancadas e lançamentos, o que não significava tanto.

Inquieto à beira do campo, Tite ainda colocou Guilherme Arana na vaga de Uendel, porém abriu mão da terceira alteração. Preferiu mandar o Corinthians à frente com gritos e gestos. Rodriguinho escutou o treinador e deixou Elias diante do goleiro Bruno Brígido, que deu rebote. Romero só teve o trabalho de empurrar para dentro para fazer o público corintiano gritar que é “maloqueiro e sofredor, graças a Deus” desde o primeiro jogo do ano.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 XV DE PIRACICABA

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 31 de janeiro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Público: 31.309 pagantes
Renda: R$ 1.643.455,00
Cartões amarelos: Felipe e Romero (Corinthians); Daniel (XV de Piracicaba)
Gols: CORINTHIANS: Romero, aos 46 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel (Guilherme Arana); Bruno Henrique, Elias, Romero, Rodriguinho e Lucca (Marlone); Danilo
Técnico: Tite

XV DE PIRACICABA: Bruno Brígido; Daniel, Fábio Sanches, Heitor e Julinho (Lucas Pavone); Magal, Léo Salino, Aloísio (Adriano), Henrique Santos e Diney; Rodrigo Silva (Patrick)
Técnico: Claudinho Batista

Fonte: Gazeta Esportiva


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.