Brasileirão Série A

Vasco joga bem, vence o Palmeiras e continua vivo contra o rebaixamento

11/08/2015 06:34:00 PMReginaldo Júnior

Com grande atuação de Nenê, Cruz-Maltino faz 2 a 0 na etapa inicial e agora está a dois pontos do primeiro fora da zona. Verdão estaciona na tabela e vê G-4 mais longe




Se o Vasco quisesse continuar sonhando com a Primeira Divisão, precisava vencer o Palmeiras em São Paulo de qualquer maneira. E foi o que aconteceu. As duas equipes se enfrentaram neste domingo, na Arena Palmeiras, e, com grande atuação de Nenê, que marcou um dos gols da vitória por 2 a 0 - Rafael Silva fez o primeiro -, o Cruz-Maltino provou que está vivo. O Verdão, por outro lado, estacionou na tabela e vê o G-4 mais distante.
Com o resultado, o Palmeiras permanece na nona posição, estacionado nos 48 pontos. Já o Vasco segue na zona de rebaixamento, mas respira. Deixou a lanterna e agora está no 19º lugar, a dois pontos do primeiro time fora da degola. Na próxima rodada, o Verdão enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, dia 18, às 21h. O Cruz-Maltino recebe no dia seguinte, em São Januário, às 22h, o ainda não campeão Corinthians - o Atlético-MG venceu no fim e adiou a definição do título.

Palmeiras X Vasco (Foto: Marcos Ribolli)Riascos, Rodrigo, Nenê, Rafael Silva e Luan comemoram: camisa 10 teve grande atuação (Foto: Marcos Ribolli)


O Vasco fez prevalecer sua superioridade no primeiro tempo. Com Rafael Marques e Lucas Barrios, o Palmeiras obrigou Martín Silva fazer defesas. Mas o Cruz-Maltino dominou a etapa inicial. Desde o início, pressão. Prass colocou para escanteio em um chute de Rafael Silva. Nenê cobrou, e o próprio Rafael foi feliz na finalização: cabeçada no canto à direita do goleiro alviverde. A bola bateu na trave e entrou. 1 a 0. Cinco minutos depois, o segundo. Rafael Silva novamente disputou na intermediária. Vitor Hugo fez uma lambança que ninguém entendeu, e Nenê saiu cara a cara com Prass. Cavadinha bonita para aumentar a vantagem vascaína.

O Palmeiras foi quem assustou primeiro na etapa final, com uma cabeçada de Thiago Santos que explodiu no travessão. O Vasco tentava administrar o resultado, mas sem deixar de atacar. Marcelo Oliveira fez as três substituições até a metade do segundo tempo e colocou Kelvin, Alecsandro e Fellype Gabriel, que fez sua estreia com a camisa alviverde. Os anfitriões ainda tentaram algumas investidas, mas os cruz-maltinos mantiveram postura firme até o fim. E seguem vivos na luta contra o rebaixamento.

Fonte; Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.