Brasileirão Série A

Sport empata com Atlético-PR na Ilha vazia e se complica em luta por G-4

11/22/2015 09:02:00 PMReginaldo Júnior

Leão perdeu várias chances contra o Furacão, que não almejava mais nada na Série A, e perdeu chance de encostar no grupo que classifica para a Libertadores




Numa Ilha do Retiro vazia por conta de uma punição sofrida pelo Sport, nem os próprios jogadores do Leão e do Atlético-PR tiveram a oportunidade de soltar o grito de gol da garganta. Apesar do placar final ter marcado 0 a 0, a partida não foi ruim. O Furacão teve as principais chances do primeiro tempo, mas os pernambucanos mandaram no segundo, abusaram de perder gols e viram sua situação na briga pelo G-4 da Série A do Campeonato Brasileiro ficar mais ainda mais complicada.
Com esse empate, o Sport encerra a rodada com uma distância de três pontos para o G-4, que hoje tem o São Paulo na quarta colocação com 56 pontos. O Leão está com 53. O Atlético-PR - que não luta mais pela parte de cima da tabela ou contra o rebaixamento - chegou aos 48 pontos, mas se manteve na 12ª colocação.
Na próxima rodada, o Sport volta a jogar em casa. Recebe o Corinthians, na Arena Pernambuco. O Atlético-PR também joga em seu estádio, contra o Flamengo. Os dois jogos acontecem às 17h (horário de Brasília) do domingo.

Sport x Atlético-PR (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)Matheus Ferraz e Walter disputam a bola no duelo deste domingo, na Ilha do Retiro (Foto: Marlon Costa / PE Press)


O Sport esteve com a bola durante a maior parte do primeiro tempo, mas as melhores chances foram do Atlético-PR. Nem foram tantas, mas sempre que a bola caia nos pés de Walter, assustava os rubro-negros. Foi assim aos 31 minutos, quando Eduardo cruzou, ele dominou bem na entrada da pequena área e chutou com categoria, mas viu a bola tirar tinta da trave de Danilo Fernandes. O Leão rondou a área, mas deu poucos sustos em Weverton. Hernane Brocador teve duas oportunidades de cabeça, mas mandou ambas nas mãos do goleiro e a rede não balançou na primeira etapa.

O intervalo fez bem ao Sport. O time voltou com outra postura no segundo tempo e em dez minutos já havia criado quatro boas chances de abrir o placar. Em uma delas, Hernane até mandou a bola para o fundo das redes, mas o juiz assinalou impedimento e anulou o gol. As principais chances eram justamente com o Brocador, que fez uma bela jogada aos 21 minutos e tocou por cima de Weverton. A bola foi caprichosamente para fora. Seis minutos depois, ele acertou a trave. Sem conseguir acertar, o Brocador tentou fazer a função de meia. Aos 34 minutos, deixou Régis na cara de Weverton, mas o goleiro do Furacão fez uma excelente defesa. O camisa 12 do Atlético-PR voltou a parar Diego Souza e novamente Régis e acabou se tornando o grande nome do segundo tempo.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.