Brasileirão Série A

Em prévia de decisão, Santos derrota Palmeiras e derruba São Paulo do G-4

11/01/2015 06:04:00 PMReginaldo Júnior

Na Vila Belmiro, palco da primeira final da Copa do Brasil, o time treinado por Dorival Júnior venceu por 2 a 1, e retomou a quarta colocação do Campeonato Brasileiro




Durou 24 horas a ausência do Santos no G-4. Na tarde deste domingo, a equipe derrotou o Palmeiras por 2 a 1 – poderia ter sido mais –, na Vila Belmiro, e retomou a quarta colocação do Campeonato Brasileiro. Thiago Maia e Ricardo Oliveira anotaram os gols alvinegros no duelo entre os times que, neste mesmo local, farão no fim do mês a primeira final da Copa do Brasil. Dudu foi quem descontou, depois de muitas chances perdidas pelos donos da casa.
O triunfo deixa o Peixe com os mesmos 53 pontos do São Paulo (que entrou momentaneamente na faixa de classificação para a Taça Libertadores no sábado), mas em vantagem no saldo de gols. O Verdão permanece com 48 e se vê mais distante de uma vaga no torneio por meio da competição de pontos corridos. Os dois times voltam a campo daqui a uma semana. O Santos visita o Joinville, no mesmo dia em que o Palmeiras recebe o Vasco, em sua arena.

Neste domingo, as equipes iniciaram o confronto de modo duro e faltoso, até por conta do gramado molhado. Debaixo de muita chuva, alguns escorregões e excessos se tornaram inevitáveis. Como na primeira finalização da partida, de Lucas Barrios, que caiu e mandou a bola pela linha de fundo. Na sequência, o Santos respondeu com um cabeceio para fora.

Santos x Palmeiras Thiago Maia (Foto: Marcos Ribolli)Santos teve muito mais oportunidades, mas viu o jogo ficar difícil no segundo tempo do clássico (Foto: Marcos Ribolli)
Nos raros momentos em que as marcações levavam a pior, os ataques não finalizavam bem as jogadas. Por isso, chamou mais atenção um princípio de confusão causado por um carrinho de Zé Roberto, que recebeu cartão amarelo aos 23 minutos após acertar o tornozelo de Gabriel.

Três minutos depois, o placar foi aberto. Bem acompanhado até então, Lucas Lima atraiu a marcação dupla do volante Matheus Sales e do lateral-direito Lucas (substituído mais tarde por indisposição) e abriu a possibilidade de Zeca avançar com liberdade pela esquerda. Com espaço de sobra, o ambidestro santista cruzou de esquerda para Thiago Maia, livre, estufar a rede.

Palmeiras se salvou de goleada, mas descontou com Dudu e, por pouco, não empatou o jogo na Vila Belmiro

O Palmeiras se lançou mais ao ataque em busca do empate, mas, nas duas oportunidades mais claras, Robinho errou a pontaria. O castigo quase veio aos 47 minutos. Gabriel chegou a deixar Fernando Prass no chão, porém Vitor Hugo evitou o gol com a perna direita. No rebote, o atacante santista falhou de novo ao chutar a bola na rede, por fora.

O gol perdido, a princípio, não faria falta. Passados três minutos do intervalo, Gabriel deu sua contribuição com assistência perfeita para Ricardo Oliveira, na segunda trave. Ele recebeu passe na ponta direita, carregou a bola e cruzou na cabeça do artilheiro, que enganou a marcação do zagueiro Jackson, vazou o goleiro Fernando Prass e ampliou a vantagem.

Perdendo por dois de diferença, o Palmeiras foi para cima, a qualquer custo, atrás de resultado menos pior. O custo foi quase ter sofrido uma goleada, o que não ocorreu porque o Santos desperdiçou incontáveis contra-ataques, por impedimento, preciosismo ou defesas de Fernando Prass. Até que, aos 29 minutos, Dudu diminuiu com ajuda de um desvio nas costas de Daniel Guedes. Ele próprio poderia ter empatado, mas escorregou cara a cara com Vanderlei, aos 38 minutos, e viu a reação parar por aí. Até porque Cristaldo foi expulso no fim.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.