Brasileirão Série B

Chega mais, Série A: Santa bate Bahia de virada na Fonte e entra no G-4

11/07/2015 06:39:00 PMReginaldo Júnior

Tricolor baiano abre o placar no segundo tempo, com gol de Kieza, mas vê Danny empatar e Bruno Moraes sacramentar triunfo do time pernambucano por 2 a 1




Antes da partida, aquele clima de decisão. Era gente rezando na arquibancada, promessa de “Pai Nosso” da torcida, arrepio a cada grito mais agudo. Parecia decisão de campeonato – e foi quase isso. Bahia e Santa Cruz entraram em campo, na tarde deste sábado, numa disputa direta por uma briga por vaga no G-4 da Série B. O Esquadrão havia sido retirado do seleto grupo após o início da rodada, no meio da semana, e apenas um triunfo lhe garantiria o tão desejado retorno. O Santinha, apesar de pouca coisa mais distante, via na partida da Arena Fonte Nova o atalho para o grupo de acesso. E, diante de mais de 30 mil torcedores, deu Santa!

As equipes fizeram um primeiro tempo marcado pela ofensividade - que não produziu frutos pela falta de pontaria de quem tentou. No segundo tempo, a determinação do placar. Pênalti perdido por Souza logo no comecinho, seguido por gol de Kieza no rebote do goleiro coral. O Santa se encaixa. Danny Morais empata. Bruno Moraes vira: 2 a 1 para o Santa Cruz.

Com o triunfo, o time pernambucano entrou no G-4: com 55 pontos, ficou na quarta posição. O Bahia, por outro lado, despencou três posições: é o sétimo, com 54 pontos. Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira. No Arruda, o Santinha recebe o Oeste às 21h30, mesmo horário em que o Esquadrão recebe o ABC, na Arena Fonte Nova, ambos no horário de Brasília.

Danny Morais Santa Cruz x Bahia Série B (Foto: Antônio Carneiro / Pernambuco Press)Danny Morais marca primeiro gol do Santa Cruz na partida diante do Bahia (Foto: Antônio Carneiro / Pernambuco Press)


Galera, o gol é pra lá!  

A partida era importante, e as duas equipes mostraram que sabiam disso. O primeiro tempo foi pegado, mas ruim de pontaria. Bahia e Santa chegaram com propostas ofensivas, e, apesar de mais cauteloso, o visitante não abriu mão de atacar. O problema, no entanto, era acertar o gol. Além disso, o Esquadrão esbarrou na afobação do meio de campo, que não conseguia trabalhar bem a bola e esperar a oportunidade certa de finalizar. Kieza chegou a marcar, mas, impedido, teve o tento anulado. Na chance mais aguda a equipe coral, Luisinho desperdiçou sozinho, na cara do gol.   

Vira, vira, vira...
O pessoal não acertava o gol no primeiro tempo... Ok. Hora de consertar isso aí. Souza já abriu o segundo tempo com essa intenção. Vitor botou a mão na bola em chute do Tricolor baiano, o árbitro marcou pênalti. O volante do Bahia se posicionou, tirou do goleiro e... Mandou na trave. Mas, no rebote, Kieza aproveitou: 1 a 0 para o dono da casa. Só que não tinha nada definido. Martelotte mexeu no time, o Santa não se intimidou, o Esquadrão foi sentindo a pressão... Foi da cabeça de um ex-jogador do Bahia que saiu o empate: ao 20, Danny Morais completou para o gol, após cobrança de escanteio. Aí era desespero. Tenta de um lado, tenta do outro, com vantagem para o Santinha, melhor encaixado e mais ofensivo. Zé Roberto e Kieza tentaram desempatar. Contudo, foi Bruno Moraes o responsável por acabar com a igualdade do placar – e por decretar a virada pernambucana. Foi aos 37 minutos que o atacante, que entrara quatro minutos antes, aproveitou um rebote na área e, com calma, mandou para o gol. Era 2 a 1 e G-4 para o Santa.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.