Brasileirão Série A

Barrios evita derrota do Palmeiras com reservas e freia ascensão do Cruzeiro

11/21/2015 09:08:00 PMReginaldo Júnior

Raposa chega a 12 jogos invicta, mas diminui esperança de vaga na Libertadores em 2016. Verdão, agora sem vencer há cinco rodadas, limita sonho à Copa do Brasil




O Palmeiras não rompeu a série sem vitórias no Campeonato Brasileiro, mas chegou ao segundo empate consecutivo com espírito de reação. Jogando em casa com reservas, na noite deste sábado, passados três dias do 3 a 3 eletrizante contra o Atlético-PR, a equipe recorreu à entrada de um titular para igualar o placar em 1 a 1 contra o Cruzeiro: depois de ser vazada por Marcos Vinícius, no primeiro tempo, evitou a derrota com o paraguaio Lucas Barrios.
Na sequência da rodada, é possível que acabem as chances de o Verdão conquistar uma vaga na Taça Libertadores – neste momento, restando duas partidas, a distância para o São Paulo (último colocado do G-4 e que ainda vai a campo neste domingo) é de seis pontos (50 contra 56). A Raposa, embora amplie a sequência invicta para 12 jogos, fica com 52 pontos e diminui o embalo e a esperança de classificação.

Pela competição por pontos corridos, as duas equipes jogam no domingo da próxima semana. Os mineiros recebem o Joinville, ao passo que os paulistas jogam em casa contra o Coritiba. Antes disso, no entanto, o time treinado por Marcelo Oliveira faz na quarta-feira a primeira final da Copa do Brasil, contra o Santos, na Vila Belmiro. É o torneio mata-mata a esperança de classificação para a Libertadores.

Palmeiras Cruzeiro Arena (Foto: Marcos Ribolli)Gol de cabeça de Luacs Barrios, que entrou no segundo tempo, garantiu empate ao Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

Neste sábado, com nove jogadores que não devem ser titulares no meio de semana – o goleiro Fernando Prass e o volante Arouca foram as exceções –, Marcelo Oliveira deixou claro sua prioridade. O time até começou bem, sufocando o Cruzeiro, mas logo expôs sua falta de entrosamento e organização tática, deixando espaços no campo de defesa.

O Cruzeiro não demorou a se aproveitar disso e a tomar conta do jogo. O gol saiu aos 20 minutos. Depois de cruzamento pelo lado esquerdo, o garoto João Pedro não conseguiu o corte e permitiu que a bola caísse nos pés de Marcos Vinícius. O meia-atacante fez o domínio, driblou o lateral-direito e finalizou no canto de Fernando Prass para abrir o placar.

Verdão escapa de revés às vésperas da final da Copa do Brasil. Raposa perde chance de encostar no G-4

Antes e depois do intervalo, a equipe de Belo Horizonte teve mais chances de balançar a rede de Fernando Prass, quase sempre com a defesa palmeirense atrapalhada. Apesar dos problemas defensivos, quase todas as três substituições no Palmeiras foram no outro setor. A não ser por Vitor Hugo, que substituiu Nathan, as demais mudanças foram de atacantes: Gabriel Jesus e Lucas Barrios tomaram os lugares de Allione e Cristaldo.

O empate veio com o centroavante titular. Aos 25 minutos da segunda etapa, Barrios recebeu ótimo cruzamento de Egídio, que vinha fazendo outra partida abaixo da crítica, e cabeceou no ângulo esquerdo de Fábio.

O confronto, então, ficou aberto. O Palmeiras sofreu por ter de jogar com Thiago Santos se arrastando (com cãibra) e também por outros erros defensivos salvos por Fernando Prass. O Cruzeiro, da mesma forma, poderia ter sido vazado mais uma vez, porém contou com erros do ataque palmeirense e viu o placar terminar empatado.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.