Brasileirão Série B

Náutico bate apático Paraná e segue firme na busca pelo G-4 da Série B

11/07/2015 06:41:00 PMReginaldo Júnior

Em confronto de um time só, na Arena Pernambuco, alvirrubros deram passo enorme para chegar ainda mais vivos na reta final da competição; paranaenses pouco fizeram




O Náutico sabia que tinha de vencer a todo custo, na Arena Pernambuco, pela Série B, este sábado. E entrou com tudo no confronto. Atropelou o Paraná, ainda no primeiro tempo, e garantiu três pontos que fizeram o Timbu saltar na classificação: da nona colocação foi para a quinta, com 55 pontos. Chega firme na briga pelo acesso, com gols de Rafael Pereira e Daniel Morais, diante dos paranaenses, que tiveram uma postura apenas defensiva. O Tricolor da Vila permanece em 12º, com 43.
Na próxima terça-feira, o Náutico sai do Recife para enfrentar o Macaé, no Rio de Janeiro - o jogo decisivo para os pernambucanos começa às 19h (de Brasília). Um pouco mais tarde, às 21h30 (de Brasília), o Paraná vai até o Rei Pelé, em Alagoas, medir forças contra o CRB.

Náutico x Paraná Série B (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Náutico foi superior ao Paraná, mas "tirou o pé" na etapa final de confronto (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Durante a semana, os jogadores do Náutico lembraram insistentemente do primeiro confronto com Paraná, derrota por 2 a 0, placar construído nos primeiros 18 minutos da partida. Talvez por isso, o Timbu entrou de maneira fulminante. Não deixou os paranaenses - com postura muito defensiva - respirarem. Logo aos 14 minutos, Rafael Pereira marcou, de cabeça, após um cruzamento de Guilherme Biteco. Aos 27, Daniel Morais também usou a cuca para escrever mais um no placar, praticamente colocando um ponto final no embate.

O Náutico diminuiu o ritmo, como era previsível. Com a vantagem no placar, o Timbu só se deu ao trabalho de administrar o confronto. O Paraná, que já não mostrava força ofensiva na etapa inicial, não agrediu nos últimos 45 minutos. De maneira tranquila, os alvirrubros conduziram o jogo, sem sofrer sustos. Assim, martelo batido e ponta virada: três pontos na conta.
Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.