Brasileirão Série B

Com gol de Vitinho no final, Inter vence a Ponte Preta e segue na cola do G-4

11/07/2015 07:58:00 PMReginaldo Júnior

Atacante colorado marca aos 42 do segundo tempo e mantém time vivo em busca pela Libertadores de 2016; Ponte perde fôlego e ainda pode cair na tabela da Série A




Internacional x Ponte Preta Beira-Rio inter (Foto: Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação)
Vitinho marcou o gol da vitória (Foto: Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação)
 
No sofrimento, o Inter voltou a ter o "fator Beira-Rio" a favor e venceu a Ponte Preta na tarde deste sábado, pela 34ª rodada da Série A. O gol de Vitinho, marcado aos 42 do segundo tempo, manteve o Colorado na busca pelo G-4. O time de Argel chegou aos mesmos 53 pontos do quarto e quinto colocados, Santos e São Paulo, mas continua em sexto. Já a Macaca perde fôlego, fica com 50 e ainda pode deixar a sétima posição ao final da rodada.

Ao final do jogo, houve confusão entre os jogadores de ambas as equipes e seguranças. A Ponte Preta reclama de falta de fair play pelo lado colorado no lance que originou o único gol da partida. O atacante Alexandro teria colocado a bola para fora em uma possível falta. Porém, o Inter não devolveu a bola, o jogo seguiu e Vitinho fez o gol. Biro Biro e Argel discutiram após o tento ser anotado. O empurra-empurra perdurou até a porta do vestiário do time campineiro, mas foi contido sem ocorrências mais graves.

O Brasileirão volta a parar e os jogos serão retomados somente no dia 18 (quarta-feira). A Ponte Preta recebe o Figueirense às 21h, no Moisés Scarpelli. Já o Inter enfrenta a Chapecoense na quinta-feira, dia 19, na Arena Condá, às 19h30.

Enquanto Argel colocou o time em campo com D’Alessandro e Lisandro López no lugar de Anderson e Alex, Felipe Moreira optou por Alexandro na vaga de Borges. No 4-2-3-1, o Inter pressionou nos primeiros minutos e quase abriu o placar aos 4. Mas o atacante perdeu o equilíbrio ao driblar Marcelo Lomba. Sem Felipe Azevedo, Clayson e Biro Biro infernizaram a defesa colorada pelos lados pelo lado da Macaca.

Tanto que Argel trocou os laterais William e Ernando de lado. Porém, a mudança durou três minutos. Aos 19, Clayson invadiu a área driblando e finalizou no canto para defesa de Alisson. O técnico do Inter desfez o que havia mexido. A Macaca igualou a partida, e o Colorado, que chegou a ter 65% de posse de bola, terminou o primeiro tempo com 55%. Renato Chaves perdeu chance na cara de Alisson. Mas Valdívia e Vitinho também obrigaram boas defesas de Marcelo Lomba.

Com apenas 10 minutos da segunda etapa, Argel trocou Nilton por Anderson. Mesmo com o time mais ofensivo, o Colorado pouco produziu ofensivamente. A Ponte manteve a marcação forte e seguiu com a aposta nos contra-ataques pelos lados. Clayson deu lugar ao “novo Neymar”, Leandrinho. Em uma das poucas oportunidades, porém, Vitinho fez o gol da vitória. Aos 42, recebeu na entrada da área e chutou cruzado no canto direito de Marcelo Lomba.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.