Brasileirão Série B

CRB atropela o Atlético-GO, se recupera e complica o rival na Série B

11/07/2015 10:20:00 PMReginaldo Júnior

Após ser goleado pelo Paysandu, Galo mostra poder de reação e praticamente se livra do rebaixamento, enquanto clube goiano ainda luta para se distanciar do Z-4




Palmas para o CRB. Neste sábado, o Galo se recuperou em grande estilo da goleada sofrida contra o Paysandu na última rodada da Série B e venceu o Atlético-GO por 4 a 1 no estádio Rei Pelé. O placar foi construído com extrema facilidade e retratou o que foi a partida em Maceió. Zé Carlos, Gerson Magrão, Danilo Bueno e Maxwell marcaram para a equipe alagoana, enquanto Júnior Viçosa descontou para o apático Dragão.

O resultado deixa o CRB bem longe da zona de rebaixamento, com 47 pontos e na 11ª colocação. O time voltará a campo novamente em casa, na próxima terça-feira, contra o Paraná. Já o Atlético-GO liga de vez o sinal de alerta. Sem vencer há três rodadas, o Rubro-Negro viu a vantagem de 11 pontos para o Z-4 cair para apenas cinco pontos. Também na terça, o Dragão visita o Sampaio Corrêa, que luta pelo acesso.

Disposto a apagar a má impressão deixada na rodada anterior, quando levou 5 a 1 do Paysandu, o CRB envolveu o Atlético-GO e dominou o jogo. O primeiro gol poderia ter saído logo aos seis minutos, quando Zé Carlos chutou, Marcus Winícius desviou a bola com o braço dentro da área, e o árbitro marcou apenas escanteio. Apesar do erro do juiz, o time alagoano continuou em cima e dava muito trabalho com Clebinho e Gerson Magrão. O goleiro Márcio segurava o placar para o Dragão.
A equipe goiana só conseguiu sair para o jogo a partir dos 25 minutos. Willie arriscou de longe e obrigou Juliano a se esticar todo para por a bola pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Samuel subiu alto e acertou o travessão. Mas a pressão rubro-negra parou por aí. Logo em seguida, Gerson Magrão cabeceou com perigo e tirou tinta da trave direita de Márcio. Mas aos 29 minutos, o Galo abriu o placar. Zé Carlos recebeu lançamento de Magrão, invadiu a área com liberdade e chutou no canto esquerdo de Márcio: 1 a 0 CRB. 

Goleada justa no Rei Pelé

Gilberto Pereira trocou Washington por Giancarlo na volta para o segundo tempo, mas viu qualquer tentativa de reação do Atlético-GO ruir aos cinco minutos. Gerson Magrão arrancou com liberdade pela esquerda, fintou a marcação de Marcus Winícius e estufou as redes com uma bomba de esquerda: 2 a 0 CRB. Só dava Galo em campo. O time da casa parecia ter mais jogadores no estádio Rei Pelé e atuava à vontade. Júnior Viçosa chegou a driblar o goleiro Juliano, mas chutou para fora em lance que retratou a noite infeliz do Dragão.

Do outro lado, o CRB era mais perigoso e eficiente. Clebinho chutou da meia-lua e, por pouco, não marcou o terceiro. O gol saiu com Danilo Bueno, que acabara de entrar. Aos 25, ele arriscou da intermediária, a bola desviou em Pedro Bambu e tirou o goleiro Márcio da jogada: 3 a 0 CRB. O placar só não ficou em branco para o Atlético-GO porque o árbitro enxergou pênalti do goleiro Juliano em Giancarlo aos 36 minutos. Júnior Viçosa cobrou e deu números finais ao jogo: 3 a 1. Só que ainda tinha tempo para mais um do Galo. Zé Carlos lançou o garoto Maxwell, que tocou na saída de Márcio e fechou o placar: 4 a 1 CRB.


CRb x Atlético-GO - Série B 2015 (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)CRB vence o Atlético-GO e fica em situação confortável na Série B (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.