Brasileirão Série A featured

Em dois contra-ataques, Coritiba bate o Palmeiras e respira no Brasileirão

11/29/2015 07:24:00 PMReginaldo Júnior

Vitória por 2 a 0 na arena palmeirense deixa o time coxa-branca em boas condições para se livrar do rebaixamento na última rodada. Juan e Henrique fazem os gols




O Coritiba deu um grande passo na luta contra o rebaixamento ao vencer o Palmeiras por 2 a 0, neste domingo, na arena do adversário. Os gols que aliviaram a situação na tabela do Campeonato Brasileiro foram marcado por Juan e Henrique.

Na última rodada do Brasileirão, com todos os jogos às 17h do próximo domingo, o Palmeiras visita o Flamengo no Maracanã, enquanto o Coritiba recebe o Vasco no Couto Pereira.

Para não ser rebaixado, basta ao Coxa empatar. Se perder, tem que torcer para que o Avaí ou o Figueirense (apenas um dos dois) não ganhe de Corinthians e Fluminense, respectivamente.
Palmeiras x Coritiba Juan (Foto: Marcos Ribolli)Juan (55) comemora o primeiro gol da partida, marcado por ele aos 23 minutos do primeiro tempo (Foto: Marcos Ribolli)

Antes, às 22h de quarta-feira, o Verdão disputa em sua arena o jogo de volta da final da Copa do Brasil contra o Santos. Como perdeu o de ida por 1 a 0, tem que vencer por dois gols de diferença para ser campeão no tempo normal – se ganhar por um de diferença, a decisão vai para os pênaltis.

O jogo

O primeiro tempo teve uma toada só. Os reservas do Palmeiras, com mais posse de bola, paravam quase sempre na intermediária defensiva do Coritiba, que tentava contra-atacar. Aos 23 minutos, a tática coxa-branca deu certo: Negueba lançou Juan, que deslocou Fábio para abrir o placar. Aos 34, o gol de empate de Alecsandro foi anulado corretamente, pois ele estava impedido ao receber um cruzamento de Allione.

A segunda etapa foi bem parecida com a primeira. Como não conseguia passar pela barreira adversária, o Palmeiras passou a cruzar as bolas. Em toda a partida, foram 23 levantadas para a área e apenas quatro finalizações palmeirenses. O Coritiba, ainda mais fechado com a vantagem no placar, conseguiu controlar as ações dessa maneira até o fim. Aos 48, Henrique aumentou a vantagem no placar.

O Palmeiras chegou ao quinto jogo sem vencer como mandante pelo Brasileirão – o público foi o pior da história da arena, 15.037 pagantes.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.