Brasileirão Série A

Corinthians leva sufoco, mas vence o Coritiba e fica mais perto do título

11/07/2015 08:35:00 PMReginaldo Júnior

Com recorde de público na Arena e gritos de "é campeão", Timão poderá comemorar a conquista se o Atlético-MG não vencer o Figueirense em SC neste domingo




A Arena Corinthians teve recorde de público (43.688 pagantes, com renda de R$ 2.772.735,00), e muitos torcedores já vestiam a faixa de hexacampeão brasileiro. O jogo acabou não sendo a festa que muitos imaginavam, mas um gol salvador de Lucca, aos 42 minutos do segundo tempo, deu a vitória ao Timão sobre o Coritiba por 2 a 1, resultado que mantém a equipe alvinegra muito perto do título nacional. Para isso, basta que o Atlético-MG não vença o Figueirense neste domingo, em Florianópolis. A torcida corintiana, porém, já gritou "é campeão" ao fim do jogo.
Se o Galo vencer, o título corintiano poderá sair na próxima rodada, diante do Vasco, no Rio. O problema para a Fiel vai ser esperar mais dez dias, já que o Brasileirão será paralisado por conta da chamada "data Fifa", com jogos das eliminatórias da Copa do Mundo - a partida contra os vascaínos está marcada só para o dia 19. Já o Coritiba faz um confronto direto na luta contra o rebaixamento diante do Goiás, dia 18, em Goiânia.

Lucca comemora gol do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)Lucca comemora gol do Corinthians, aos 42 minutos do segundo tempo (Foto: Marcos Ribolli)

A vitória foi tão sofrida que Tite chegou a se emocionar no gol de Lucca, no finzinho do jogo. O volante Elias não conseguiu segurar as lágrimas e chorou muito em entrevista ao SporTV:
– Perdi o título aqui em 2010 e saí prometendo um dia voltar para conseguir isso. Falta pouco – disse Elias.

– Vou vestir uma camisa do Figueirense e torcer, mas se o Atlético vencer, vamos ter de esperar mais dez dias – emendou Renato Augusto.

Já o Coritiba permanece em situação delicada, com 34 pontos, na 18ª colocação.

O jogo

O Corinthians não estava numa de suas melhores noites. Errou 23 passes só no primeiro tempo, sendo que sua média no Brasileirão é de 32 por jogo. Mas o Coritiba também pouco conseguia produzir. A diferença no placar foi um pênalti marcado a favor do Timão (de Carlinhos em Edilson, bem convertido por Jadson) e um não dado para o Coxa, que reclamou muito de um toque de mão de Edilson.

No intervalo, Tite deu uma bronca em seus jogadores. Disse que o rendimento ficou muito abaixo do esperado. Mas o time voltou pior! Tomou o empate com Negueba logo no segundo minuto da etapa final e quase levou a virada, com o próprio Negueba, em cruzamento que bateu na trave.

O Corinthians teve duas chances claras, com Malcom e Elias. Mas foi dando espaço para o contra-ataque. Carlinhos e Thiago Lopes tiveram oportunidades claras para virar o jogo.

Tite mexeu no time: trocou Malcom por Lucca, e depois Vagner Love por Danilo. Mas o Coritiba continuou tendo espaço para contra-atacar. A última alteração corintiana foi a entrada de Rodriguinho no lugar de Renato Augusto. E o gol saiu no abafa, aos 42. Edilson cruzou da direita, Danilo escorou de cabeça para o meio da área e Lucca apareceu de surpresa para mandar a bola para a rede.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.