Brasileirão Série A

Corinthians atropela o São Paulo e aplica maior goleada do Majestoso

11/22/2015 06:12:00 PMReginaldo Júnior

Em tarde de gala, Timão usa apenas três titulares, faz 6 a 1 no rival com facilidade e ouve gritos de “olé” desde o primeiro tempo. Tricolor pode sair do G-4




“É campeão, é campeão”.  Antes do clássico era uníssono em Itaquera. Com a bola rolando, a Fiel teve motivos de sobra para aumentar o volume. Foram necessários apenas 31 minutos para os primeiros gritos de “olé”, que ganharam ainda mais corpo no decorrer da partida. Um passeio traduzido pelo placar: Corinthians 6 x 1 São Paulo.
Foi uma tarde de gala. O placar é a maior goleada da história do Majestoso – o Timão já havia vencido por 5 a 0 em 96 e em 2011. A Fiel também deu show: 44.967 pagantes, para uma renda bruta de R$ 2.339.497,50, quebraram o recorde de público do estádio.

A vitória deixou o Timão com 80 pontos. Assim, mesmo na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe comandada por Tite já igualou o Cruzeiro de 2014, que tem até então a melhor campanha dos pontos corridos com 20 clubes.

O São Paulo perdeu a oportunidade de ficar confortável no G-4. O clube do Morumbi ainda ocupa a quarta colocação, com 56 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Santos ao final da rodada.

Corinthians x São Paulo comemoração (Foto: Marcos Ribolli)Com a vitória por 6 a 1, o Corinthians aplicou a maior goleada do clássico contra o São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Passeio de domingo

Com o título confirmado, Tite escalou apenas três titulares para o clássico: Cássio, Felipe e Ralf. Do outro lado, na briga pela última vaga no G-4, Milton Cruz colocou em campo o que tinha de melhor à disposição. Quando a bola rolou, os papéis pareciam invertidos.

A primeira chance de perigo até foi do São Paulo, aos 15. Rogério aproveitou o vacilo de Bruno Henrique, saiu na cara de Cássio, mas tocou em cima do goleiro adversário. Depois disso, o time visitante assistiu ao passeio do Corinthians em Itaquera.

O pesadelo da bola aérea voltou a assombrar a zaga do São Paulo. Aos 26 minutos, Uendel fez o cruzamento da esquerda, Felipe testou no canto direito e obrigou Dênis a fazer grande defesa. No rebote, porém, Bruno Henrique completou para as redes.

O roteiro seria semelhante nos minutos seguintes. Aos 28, Lucca cobrou escanteio, e Romero sequer precisou sair do chão para ampliar o placar. Ainda no primeiro tempo, Edu Dracena também apareceu na área, viu Dênis defender na primeira oportunidade, mas se esticou para aproveitar o rebote e, deitado no gramado, fez o terceiro.

Corinthians x São Paulo romero  (Foto: Marcos Ribolli)Mesmo com três titulares, equipe de Tite foi superior ao adversário desde o primeiro tempo (Foto: Marcos Ribolli)

Olé... olé... olé...

Os primeiros gritos de olé foram ouvidos em Itaquera já aos 31 minutos do primeiro tempo. Mas o Corinthians ainda queria mais. Milton Cruz ainda tentou melhorar o São Paulo para o segundo tempo, colocou Reinaldo e Luis Fabiano. Nada adiantou.

Os reservas de Tite precisaram de 15 minutos para mostrarem quão bem treinado é o Corinthians. Bruno Henrique girou sobre o marcador, fez o passe para Danilo, que entregou a Lucca de letra. O talismã apenas completou. Um golaço.

Mas não parou por aí. Apenas três minutos mais tarde, Romero apareceu livre pela direita, recebeu o passe de Fagner, invadiu a área e bateu cruzado. A bola ainda bateu em Hudson antes de balançar as redes pela quinta vez em Itaquera.

Carlinhos ainda fez o de honra para o São Paulo. O Corinthians, no entanto, tinha Romero em tarde inspirada. O paraguaio passou por Reinaldo com facilidade, foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou o pênalti. Cristian fez o sexto.

Ainda teve tempo de Cássio defender pênalti de Alan Kardec. A festa do título estava completa.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.