Brasileirão Série A featured

Avaí vence a Ponte Preta e deixa o Z-4 a uma rodada do fim do Brasileirão

11/28/2015 09:59:00 PMReginaldo Júnior

Leão da Ilha consegue triunfo por 1 a 0 com gol de Antonio Carlos e conta com tropeço do arquirrival Figueirense para depender apenas de si na luta contra a queda




Da zona de rebaixamento para a 15ª colocação. Esse foi o salto do Avaí na noite deste sábado, ao vencer a Ponte Preta por 1 a 0, na Ressacada. O gol de Antonio Carlos tirou o Leão do Z-4 em função da derrota do Figueirense para o São Paulo – ainda ultrapassou o Coritiba - e garantiu a vantagem de depender apenas de si na última rodada do Campeonato Brasileiro. A Macaca entrou em campo já sem chances de chegar ao G-4 e agora apenas cumpre tabela.
A equipe catarinense, com 41 pontos, agora seca os rivais. Fica de olho em Coxa, Vasco e Goiás, que entram em campo neste domingo, para saber o que precisa fazer contra o Corinthians, no próximo final de semana, em São Paulo, para permanecer na elite. A Macaca, em nono, com 51, dá adeus ao Brasileirão contra o Sport, no Moisés Lucarelli. Os dois jogos estão marcados para as 17h de domingo.

Avaí x Ponte Preta (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)Avaí bateu a Ponte Preta por 1 a 0 (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

O jogo

A ansiedade em deixar a zona de rebaixamento foi visível no Avaí. Especialmente na hora de trocar passes. Erros que devolviam a posse para a Ponte Preta, comandada por Fernando Bob. Sem pressão, a Macaca tentava triangulações em velocidade e chegou assim com Clayson, que parou no goleiro Vagner. Com predomínio na marcação, o Leão também pouco chegou. Teve oportunidade com Renan Oliveira, mas Marcelo Lomba teve participação importante. No fim do primeiro tempo, Diego Oliveira aproveitou erro de Eduardo Neto, mas chutou para fora e não conseguiu impedir o zero no placar nos 45 minutos iniciais.

A volta do intervalo teve um Avaí intenso e que buscava acuar a Ponte Preta. Mais dinâmico, o Leão não conseguia espaços, mas arrancou a expulsão de Elton aos nove minutos. A pressão deu resultado na bola aérea, e Antonio Carlos, de cabeça, abriu o placar aos 20. Com um a mais, os donos da casa tentaram controlar o pouco ímpeto da Macaca. O técnico Felipe Oliveira ainda tentou dar uma sobrevida, mas o cartão vermelho complicou a vida dos visitantes, que chegaram ao quarto jogo seguido sem vitória.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.