Brasileirão Série A

Atlético-PR vence o Avaí por 2 a 1 e volta a comemorar na Baixada

11/07/2015 08:37:00 PMReginaldo Júnior

Com gols no primeiro tempo, o Furacão acaba com jejum desde agosto. Avaí foi valente no segundo tempo, fez o seu, mas segue bem perto da zona de rebaixamento




O Atlético-PR venceu o Avaí por 2 a 1 na noite deste sábado, pela 34ª rodada do Brasileirão, e comemorou um bom resultado na Arena da Baixada, que não acontecia desde o dia 30 de agosto. Walter e Sidcley fizeram o placar no primeiro tempo e Anderson Lopes descontou no segundo tempo em meio à tentativa de reação avaiana.

Com o resultado, o Atlético-PR sobe três posições e vai para a 11ª colocação com 46 pontos. O Avaí permanece à beira da zona de rebaixamento na 16ª posição com 35 pontos e pode ser ultrapassado pelo Goiás, que enfrenta o Flamengo neste domingo.

O Brasileirão dá uma pausa de dez dias para as eliminatórias da Copa do Mundo e volta no dia 18 de novembro, quando o Atlético-PR recebe o Palmeiras, quarta-feira, na Arena da Baixada, às 21 horas. No mesmo dia e horário, o Avaí recebe o Joinville na Ressacada.

wellington e andré lima atlético-pr x avaí arena da baixada (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)Resultado complica a vida do Avaí na briga para evitar a zona de rebaixamento (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)

Furacão domina um Avaí apático

O Atletico-PR dominou todo o primeiro tempo controlando a partida no meio de campo e criando jogadas ofensivas, que deixaram confusa a defesa do Avaí. Na pressão, Vilches quase abriu o placar com a bola que sobrou na área e foi salva na linha por André Lima. O gol do Furacão estava maduro, e Walter marcou aos 34 minutos depois de iniciar jogada. O segundo gol veio de Sidicley, que aproveitou sobra de jogada feia por Eduardo.

Avaí acorda e vai atrás do resultado

Precisando mudar a apatia do Avaí, o técnico Gilson Kleina tirou o atacante Romulo, apostou no lateral Pablo e a equipe passou a funcionar melhor em campo. Quem apareceu foi Anderson Lopes, que concentrava as boas chances até fazer o gol aos 13 minutos. A equipe catarinense seguiu pressionando, que assustou o técnico Cristóvão Borges trocando o meia Sidcley pelo zagueiro Rodrigo e que surtiu resultado para confirmar o placar na Arena da Baixada.  

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.