Brasileirão Série A

Vasco empata com a Chapecoense em partida com arbitragem polêmica

10/15/2015 11:35:00 PMReginaldo Júnior

Resultado atrapalha ambos na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Catarinenses têm dois gols anulados, e cariocas reclamam por pênalti não marcado




Uma igualdade de lamentações. Vasco e Chapecoense ficaram num empate em 1 a 1 na noite desta quinta-feira, no Maracanã, pela 30ª rodada do Brasileirão. Resultado que atrapalha ambos na luta para escapar do rebaixamento. A Chape, que tem o luxo de comemorar um pouco mais o placar, ainda teve dois gols anulados na partida. Porém, chegou ao gol de empate em um pênalti polêmico convertido por Bruno Rangel. Antes, Rodrigo havia aberto o placar para o Gigante da Colina.
O Vasco chegou ao sétimo jogo consecutivo sem derrota no Campeonato Brasileiro. O empate fez o time chegar aos 28 pontos, ainda na 19ª posição. A distância para a saída da zona de rebaixamento agora é de cinco pontos. A Chape, por sua vez, segue estacionada na 14ª colocação, com 34 pontos. Os dois times voltam a campo no próximo domingo. O Vasco visita o São Paulo, no Morumbi, às 16h. Logo em seguida, às 17h, a Chapecoense enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre.

Rodrigo - Vasco x Chapecoense (Foto: André Durão)Vasco e Chapecoense fizeram um jogo de muita briga no Maracanã (Foto: André Durão)

O JOGO

Um duelo entre os dois times mais velhos do Brasileirão poderia até sugerir um jogo mais lento, cadenciado. Mas só poderia. Vasco e Chapecoense fizeram um primeiro tempo em alta velocidade no Maracanã. Faltou mesmo foi capricho nas finalizações. O Cruz-Maltino teve um domínio inicial, mas não conseguiu converter em chances reais, principalmente pela aplicação defensiva da Chape. Na melhor delas, Leandrão, de cabeça, obrigou ao goleiro Danilo fazer boa defesa. Aos poucos, a Chape foi ganhando espaço. Na base do contra-ataque, levou ainda mais perigo. Túlio de Melo teve um gol - bem - anulado, e Ananias perdeu chance incrível ao sair cara a cara com Jordi.

A etapa final mostrou uma Chape com sede ofensiva. Nos primeiros minutos, chegou a imprimir uma pressão forte pelo primeiro gol. Quase chegou lá. Túlio de Melo voltou a marcar, desta vez pelo alto. O árbitro, porém, flagrou falta do atacante em cima do zagueiro Luan e invalidou o segundo gol dos catarinenses. O susto serviu para despertar o Vasco, que retomou o controle do jogo. Sob a batuta de Nenê, o time carioca chegou ao gol aos 27 minutos. Bola no alto em escanteio, Rodrigo subiu e estufou a rede do Maracanã: 1 a 0. Mas a Chape não se entregou. Martelou e descolou um pênalti - polêmico - aos 39. Bruno Rangel converteu e fechou o placar em pé de igualdade.

ARBITRAGEM POLÊMICA

Os dois times deixaram o gramado insatisfeitos com a arbitragem. A Chapecoense teve dois gols anulados. Ambos com Túlio de Melo. No primeiro, o atacante finalizou em posição de impedimento. No segundo, ficou a reclamação. O atacante se embolou com Luan pelo alto e cabeceou para o fundo do gol. O árbitro viu falta de ataque e invalidou o lance.

O Vasco também teve as suas queixas. Em dois lances de pênalti. Um contra e outro a favor. O árbitro viu bola na mão do zagueiro Rodrigo e apontou a marca da cal. Bruno Rangel converteu e igualou o placar. Entretanto, a maior reclamação foi em um lance que aconteceu em seguida. Tiago Luiz, da Chape, errou o tempo da bola e acabou tocando a bola com a mão dentro da área. Neste, Ricardo Marques Ribeiro nada marcou.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.