Brasileirão Série A

Avassalador, Sport goleia, chega junto do G-4 e Galo se afasta do Corinthians

10/18/2015 08:07:00 PMReginaldo Júnior

Com o placar de 4 a 1 contra Atlético-MG, rubro-negros ficam a três pontos da elite da Série A, enquanto os mineiros, com derrota, estão a oito pontos de distância do líder




Foram necessários 26 minutos para o Sport acabar com o encontro. Nesse período, o Leão, de forma avassaladora, fez três gols no Atlético-MG, na Ilha do Retiro, este domingo. Na segunda etapa, com o confronto nas mãos, fechou a conta. A goleada, por 4 a 1 - Matheus Ferraz, Diego Souza, Elber e Maikon Leite balançaram as redes, Tiago Ribeiro descontou -, complicou a vida dos mineiros na busca pelo título: a sete rodadas para o fim da Série A, a distância para o Corinthians aumentou para oito pontos. Já o Leão, nono colocado, com 46, está a três de distância do G-4.
Na próxima rodada, o Sport viaja até São Paulo, onde enfrenta o Palmeiras, no próximo sábado, no Pacaembu, às 21h (Horário de Brasília). Já o Atlético-MG entra em campo um dia depois, quando recebe a Ponte Preta, no Independência, às 19h30.

Sport x Atlético-MG Série A (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Sport x Atlético-MG foi praticamente um jogo de um time só: o Leão (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Não seria exagero dizer que só um time jogou no primeiro tempo. O Sport foi um trator. De maneira avassaladora, não deixou o Atlético-MG respirar. O Galo, aliás, mal conseguiu atacar, o rival, que o golpeou sem pena. O primeiro gol foi de Matheus Ferraz, de cabeça. Não deu nem tempo do Alvinegro se manter em pé, e o Leão aplicou o segundo golpe com um chute forte de Diego Souza - nesse momento, os mineiros já tinham um a menos em campo, após a expulsão do atacante Carlos. Grogue, o Atlético-MG levou o terceiro, por meio de Elber. Foi farra e folia na Ilha do Retiro. Foi difícil de acreditar, mas a torcida leonina já gritava "olé" antes do fim da primeira etapa.

Na etapa final, restava ao Atlético se segurar como podia e arriscar os contra-ataques. Com um a menos, a missão era ainda mais difícil. De forma mais compacta e com a confiança por estar com o resultado nas mãos,o  Sport diminuiu o ritmo. Mas o Galo sempre tentou equilibrar as forças. Até que golaço de Maikon Leite, aos oito minutos do segundo tempo, apagou a fagulha de esperança dos mineiros. E deixou os leoninos em estado de euforia. Patric ainda sofreu pênalti no finzinho, e Tiago Ribeiro diminuiu a conta. Daí para a frente, o Sport administrou e fechou a conta.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.