Brasileirão Série B

Com um a menos, Macaé não desiste e arranca empate diante do Papão

10/17/2015 11:29:00 PMReginaldo Júnior

Após zagueiro do Leão ser expulso na etapa inicial, Paysandu sai na frente do placar no Mangueirão, mas para no goleiro Rafael e acaba tomando gol no fim da partida




http://www.diarioonline.com.br/app/painel/modulo-noticia/img/imagensdb/original/destaque-347626-17-10-21h00-serie-b-paysandu-x-macae-rj.jpg
Foto: Diario Online

Quando Paysandu e Macaé se encontram é certeza de um confronto repleto de emoções. Afinal, os dois clubes decidiram de maneira dramática a Série C do Brasileiro no ano passado e, no primeiro turno da Segundona, protagonizaram um duelo de arrepiar. Por isso, neste sábado não poderia ser diferente. E definitivamente não foi. Em uma noite marcada pela atuação inspirada do goleiro do Alvianil Praiano, Rafael, o Papão até conseguiu sair na frente do placar neste sábado no Estádio Mangueirão com o atacante Leandro Cearense, que aproveitou um pênalti cometido pelo zagueiro Ramon, que colocou a mão na bola na área e ainda acabou sendo expulso. Entretanto, mesmo em desvantagem numérica, o valente time visitante lutou até o fim e foi premiado com o gol do volante Gedeil aos 41 minutos da etapa complementar: 1 a 1 placar final. Por isso, com o resultado, o Paysandu perdeu a oportunidade de voltar ao G-4 da Série B, foi aos 49 pontos e permaneceu na quinta posição. Por sua vez, o Macaé chegou aos 35 pontos e se manteve na 16ª posição da tabela.
Na 32ª rodada, o Paysandu vai até o Maranhão encarar o Sampaio Corrêa no Estádio Castelão no próximo sábado, às 17h30 (de Brasília). Por sua vez, o Macaé entra em campo na sexta, quando recebe o lanterna Mogi Mirim no Estádio Moacyrzão, às 21h.

O JOGO   

Os primeiros minutos de jogo já davam mostras que não faltariam emoções no duelo deste sábado. Afinal, o Paysandu dominava a posse de bola logo no início da partida e levava constante perigo ao goleiro do Macaé, Rafael. Aliás, o próprio Rafael salvou o time do Norte Fluminense do Rio em, pelo menos, três grandes oportunidades da equipe da casa - uma delas em uma verdadeira defesa de cinema. Entretanto, aos 33 minutos, o zagueiro do Alvianil Praiano, Ramon, colocou a mão na bola dentro da área, e árbitro acabou marcando pênalti e ainda expulsando o defensor. O atacante Leandro Cearense foi para a cobrança e não abriu o placar: 1 a 0.

Com a superioridade numérica, o Paysandu voltou para o segundo tempo com o mesmo domínio de posse de bola. Inclusive, voltou a levar muito perigo ao goleiro Rafael, que realizou mais umas três importantes defesas no duelo. Mesmo com dificuldade para se armar ofensivamente, o Macaé não se entregou de maneira alguma ao rival e, aos 41 minutos da segunda etapa, acabou sendo premiado com o gol de empate do volante Gedeil, que aproveitou um passe de Fernando Neto e só escorou para o fundo das redes. Nos acréscimo, o Papão até pressionou e, por muito pouco, não achou o gol da vitória. No entanto, mais uma vez o time do Rio conseguiu segurar o Paysandu dentro de casa.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.