Brasileirão Série A

Grêmio bate Santos em duelo direto, abre 9 pontos e se firma no "top 3"

10/15/2015 11:36:00 PMReginaldo Júnior

Com vitória, Tricolor se mantém na caça ao Atlético-MG e Corinthians. Já o Peixe vê aproximação do grupo de trás e passa a ter a quarta colocação ameaçada





Se o mau tempo em Porto Alegre por conta de chuvas e alagamentos afastou o público da Arena, o futebol apresentado entre Grêmio e Santos não foi em nada prejudicado. Os 10 mil torcedores presentes no estádio, na noite desta quinta-feira, assistiram um duelo de gigantes válido pela 30ª rodada do Brasileirão. Nesse duelo tático proposto entre Roger Machado e Dorival Júnior, melhor para os gaúchos: vitória por 1 a 0, com gol de Bressan. 

Com a vitória, o Grêmio se mantém na terceira colocação do Brasileirão, com 55 pontos – a quatro do vice Atlético-MG e nove do Corinthians, líder do Brasileirão. Além disso, se distancia do próprio Santos e se vê cada vez mais próximo da vaga na Libertadores. No próximo final de semana, recebe a Chapecoense, novamente na frente da torcida.

>>> Veja como está a classificação do Brasileiro

 Já o Peixe se mantém em quarto, mas perde a chance de se afastar do “bolo” de atrás que também sonha com a vaga na competição sul-americana. No domingo, tentará reencontrar as vitórias com o apoio da Vila Belmiro.

Bressan Grêmio x Santos (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)Bressan anotou o gol da vitória (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

Com a bola rolando, Grêmio e Santos proporcionaram um jogo digno da posição de ambos na tabela. Foram duas equipes dispostas a atacar e que não eram adeptas a retranca. Assim, o primeiro tempo nasceu eletrizante e repleto de chances de gol.

Logo nos primeiros instantes, Giuliano teve a chance viva de marcar, ao receber bola livre na grande área, mas isolou por cima da meta. A resposta do clube paulista não demorou. Marquinhos Gabriel se infiltrou pela esquerda e chutou perto do travessão. Craque do time paulista, Lucas Lima caprichou na cobrança de falta, mas viu a bola beijar a trave direita de Bruno Grassi. Mas a caminho do gol gremista viria pelo alto. Bobô já havia desperdiçado cabeçada, quando Bressan aproveitou escanteio de Douglas para movimentar aquele que seria o único tento do primeiro tempo.

A etapa complementar apresentaria quadro bastante distinto do que foi o primeiro tempo. Por conta da desvantagem no marcador, era o Santos quem tomava as rédeas da partida e procurava a posse de bola. Enquanto isso, o Grêmio optava por priorizar o sistema defensivo e atuar de forma compactada.

Com essa proposta, o Tricolor gaúcho chegou muito perto de ampliar o marcador. Pedro Rocha, que substituiria Bobô, foi lançado na grande área, mas viu Vanderlei fechar o ângulo e fazer grande defesa. Se os visitantes tinham posse de bola, não conseguiam criar oportunidades de gol. E o quadro não mais se alterou.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.