Brasileirão Série A

Ruim para ambos: Coxa e Figueirense empatam e seguem ameaçados

10/31/2015 10:14:00 PMReginaldo Júnior

Empate por 1 a 1 no Couto Pereira é ruim para o Figueira, que segue perto do Z-4, e pior ainda para o Coritiba, que fica entre os últimos quatro colocados do Brasileirão




Ruim para um; pior para o outro. Coritiba e Figueirense ficaram no 1 a 1 na noite deste sábado, no Estádio Couto Pereira, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Juan e Yago marcaram, ainda no primeiro tempo, os gols. O resultado é ruim para os catarinenses, que seguem ameaçados pela degola. Mas é pior ainda para os paranaenses, que terminam a rodada entre os quatro últimos. O Figueira é o 15°, com 36 pontos. O Coxa ocupa o 17° lugar, com 34.

O jogo teve 6.196 pagantes (7.925 no total) e renda de R$ 94.270,00. Os torcedores viram um jogo lá e cá, com os jogadores dispostos a livrar suas respectivas equipes do rebaixamento, mas com claras limitações técnicas. O Coxa rondou a área adversária e criou as melhores chances, mas pecou na pontaria. O Figueira, com uma postura mais cautelosa (até para manter a vantagem na tabela), assustou em contra-ataques e bolas paradas. No fim, empate justo.



Na próxima rodada, ambos encaram pedreiras. O Coritiba encara o líder Corinthians, às 19h30 (horário de Brasília) de sábado, na Arena Corinthians. O Figueirense recebe o vice-líder Atlético-MG, às 17h de domingo, no Orlando Scarpelli.

Gols só no primeiro tempo

O Coritiba começou a rodada na zona de rebaixamento e, até por isso, buscou o gol desde o início. Juan, Esquerdinha e Negueba deram um pouco mais de mobilidade. O time, porém, pecava na pontaria. Kleber, por exemplo, recebeu na entrada da área, girou e bateu para fora. A superioridade alviverde deu resultado aos 23 minutos. Com uma pitada de sorte. Marquinhos chutou em cima da marcação, Thiago Heleno desviou para trás, e Alex Muralha evitou gol contra. Mas Juan, que jogou no meio-campo, apareceu no rebote e mandou para o fundo das redes.

O gol acordou o time visitante. Comandado por Dudu e Clayton, o Figueirense equilibrou as ações da partida e passou a apostar na bola parada. A defesa do Coxa levava a melhor na maioria dos lances. Isso até os 41 minutos... Aí a zaga alviverde deu bobeira, Yago pegou após bate rebate na área e chutou no cantinho, com desvio, para deixar tudo igual no Couto Pereira.

Mais pressionado, o Coritiba partiu para o tudo ou nada no segundo tempo. Passou a rondar a área adversária, mas deixou espaços atrás. Na primeira chance clara, Dudu arrancou livre, chutou e viu Wilson salvar o time da casa. Logo depois, Alex Muralha não agarrou a bola, Kléber tentou por cobertura, mas o goleiro do Figueira também evitou o gol. Para aumentar o poderio ofensivo, Ney Franco trocou o volante Cáceres pelo atacante Guilherme Parede. Já Hudson Coutinho substituiu um volante por outro: Denner por Paulo Roberto.

O jogo seguiu lá e cá. O Coritiba pressionava, mas o Figueirense assustava em contra-ataques e lances de bola parada. O zagueiro Juninho quase virou herói. Negueba ajeitou, e ele bateu de primeira da entrada da área. A bola saiu próxima ao gol adversário. Na sequência, Clayton chutou cruzado para defesa do goleiro alviverde. Vale destacar a entrega dos dois times, que brigaram por cada bola e correram bastante. Se falta qualidade, os jogadores pelo menos têm mostrado vontade para livrar seus respectivos times da queda. Agora, faltam cinco rodadas.

Couto Pereira Coritiba x Figueirense (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)Coritiba e Figueira fazem jogo brigado no Couto: no fim, empate por 1 a 1 (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.