Brasileirão Série B

Atlético-GO vence Mogi fora de casa, consolida boa fase e afunda o Sapo

10/17/2015 07:44:00 PMReginaldo Júnior

Dragão chega a nove jogos sem derrota e bate equipe paulista por 2 a 0, em jogo com mais um lance confuso da arbitragem. Time de Márcio Goiano segue na lanterna




Nada de novo nas vidas de Mogi Mirim e Atlético-GO na Série B. No encontro entre as duas equipes pela 31ª rodada, na tarde deste sábado, no Romildo Ferreira, o Dragão confirmou sua boa fase e venceu o Sapo por 2 a 0. É a terceira vitória nos últimos quatro jogos da equipe goiana, que se consolida no meio da tabela e se afasta do Z-4, lugar de onde o time paulista está longe de sair. O Mogi segue na lanterna.  
Arthur abriu o placar para os visitantes na primeira etapa com um belo cabeceio. Fábio Sanches, contra, fez o segundo para o Atlético-GO em mais um lance confuso da arbitragem. Inicialmente, o auxiliar Pedro Jorge Santos, de Alagoas, marcou impedimento de Júnior Viçosa no lance, apesar de o atacante atleticano não estar em posição ilegal e sequer ter participado do lance. Após consultar o bandeira, o árbitro Francisco Carlos do Nascimento acompanhou sua decisão, mas depois voltou atrás e validou o gol.   

Jorginho Atlético-GO Mogi Mirim Série B (Foto: Léo Santos/Estadão Conteúdo)Jorginho disputa bola no meio-campo: Atlético-GO completa nove jogos sem derrota (Foto: Léo Santos/Estadão Conteúdo)

Com o resultado, o Rubro-Negro chega ao novo jogo sem perder, apesar de ter seis empates no período. O time goiano tem apenas uma derrota nos últimos 18 jogos, se afasta mais da zona de rebaixamento e alimenta o sonho de G-4. Com 42 pontos, o Dragão está em 12º. O Mogi Mirim tem números parecidos, mas pelo lado negativo. Com apenas uma vitória nas últimas 17 partidas, o Sapo é o lanterna, com 22 pontos. Na próxima rodada, os goianos encaram o Santa Cruz, em casa, no próximo sábado. O Mogi Mirim visita o Macaé na próxima sexta.  

O jogo
O equilíbrio do início do jogo não indicava que as duas equipes vivem momentos tão distintos. Foi uma partida aberta em seus 10 primeiros minutos, com jogadas de velocidade das duas equipes e uma boa defesa de Márcio em cabeçada de Henrique Motta. Mas a boa fase do Dragão falaria mais alto. Aos 21 minutos, Pedro Bambu cruzou da direita, e Arthur se esticou para fazer um belo gol de cabeça, seu 11º na Série B. O Mogi Mirim sentiu o golpe. Não tinha transição e pouco criou até o fim da primeira etapa, enquanto o time goiano assustava nos contra-ataques, mas também sem ameaçar.
Na segunda etapa, as equipes diminuíram o ritmo. Mas o panorama foi influenciado pelo segundo gol atleticano, que saiu logo aos seis minutos. Em cruzamento de Éder Sciola, Fábio Sanches tentou interceptar, mas fez contra. A arbitragem invalidou o gol inicialmente marcando impedimento de Viçosa no lance, mas depois voltou atrás após muita discussão e possível interferência externa. Com a desvantagem, o Mogi desanimou e não esboçou reação. Quase marcou em um lance incrível, aos 22 minutos, com uma sequência que teve uma bela defesa de Márcio e Marcus Winícius tirando a bola na linha. Mas foi só. O Atlético-GO controlou bem o resultado e saiu com a vitória.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.