Brasileirão Série B

Com autoridade, Vitória vence o Mogi Mirim por 4 a 1 e se mantém no G-4

9/15/2015 10:44:00 PMReginaldo Júnior

David, Diego Renan, Euller e Elton marcam para o Leão, enquanto Luiz Fernando diminui para o Sapo, em partida válida pela 26ª rodada da Série B, na Fonte Nova




No confronto entre duas equipes em situação totalmente opostas na tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, deu o esperado. O Vitória fez jus ao status de time que briga pelo G-4, até levou um susto, mas venceu com autoridade o lanterna Mogi Mirim por 4 a 1, na noite desta terça-feira, em partida realizada na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O confronto teve como destaques o lateral (esquerdo ou direito?) do Vitória, Diego Renan, que fez um gol e deu passe para outro, de David, além do atacante (meia ou volante?) Rhayner, que não fez gol, mas participou ativamente das principais jogadas do Leão. Elton e Euller também marcaram para o Leão na partida. Luiz Fernando diminuiu para o Mogi.

Vitória x Mogi Mirim (Foto: Reprodução)Vitória vence o Mogi Mirim na Arena Fonte Nova, em Salvador (Foto: Reprodução)
O triunfo desta terça-feira reforça a reação do Vitória no segundo turno. Após um início ruim no returno, o Leão emenda agora uma sequência de três partidas sem perder, com sete pontos em nove disputados. A vitória desta noite deixa o Rubro-negro naterceira posição na tabela, com 45 pontos. O Mogi Mirim, por sua vez, chega a segunda derrota consecutiva e segue com seu calvário na lanterna. A equipe continua com 22 pontos, a oito do Atlético-GO, primeiro time fora do Z-4.

E as duas equipes não terão muito tempo para celebrar ou lamentar. Na próxima sexta-feira, às 19h (horário de Brasília), o Vitória terá pela frente o ABC, na Arena das Dunas. O Mogi Mirim joga um dia depois, às 16h30, no Romildo Ferreira, contra o Paraná.
Vitória domina e abre vantagem

Como previsto, o Vitória se jogou ao campo de ataque desde o início do primeiro tempo e dominou a etapa inicial diante de um Mogi Mirim que tinha a proposta de contra-atacar. Do lado Rubro-Negro, as melhores oportunidades surgiram pela direita, principalmente com Diego Renan e Rhayner inspirados. Não por acaso, o time baiano abriu o placar aos 14 minutos, após lançamento de Diego para David, que pedalou para cima do adversário e mandou a bomba de esquerda. Aos 20, mais um. Diego recebeu grande passe de Pedro Ken e chutou entre as pernas de Mauro. Depois de sofrer o segundo gol, o Sapo tomou mais coragem e partiu com maior intensidade para o ataque. A equipe paulista passou então a criar boas oportunidades, a melhor delas aos 38 minutos, quando Júnior Juazeiro, livre na pequena área, cabeceou por cima do gol.

Mogi tenta, mas Vitória reage

Também como esperado, atrás no placar e com a necessidade de pontuar, o Mogi partiu para cima do Vitória na etapa final. Logo aos três minutos, Luiz Fernando converteu pênalti cometido por Pedro Ken em Elton. Contudo, quando parecia que o Sapo iria pressionar em busca do empate, o Rubro-Negro acordou e dominou a partida. Não por acaso, o Leão conseguiu ampliar o placar com Euller e Elton e não deu mais espaço para qualquer esperança de zebra na Arena Fonte Nova.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.