Brasileirão Série B

Com golaço de Vander, Vitória derrota o Criciúma e encerra jejum na Série B

9/08/2015 10:52:00 PMReginaldo Júnior

Time baiano faz 2 a 0 no primeiro tempo e leva empate na segunda etapa. Mas Vander, aos 41 minutos do segundo tempo, faz um golaço e garante os três pontos 




Se o torcedor procura emoção no futebol, sabe que pode encontrar com o Vitória. Mesmo com Heriberto Hülse lotado, o Rubro-Negro abriu 2 a 0 nos primeiros 45 minutos diante do Criciúma - dois gols de Rhayner -, mas sofreu o empate na segunda etapa com Roger Guedes e Wanderson. Quando tudo se encaminhava para um empate, a equipe comandada por Vagner Mancini aproveitou a superioridade numérica - Marcão havia sido expulso - e conseguiu o triunfo e os três pontos com um golaço de Vander.

A vitória por 3 a 2 mantém o Leão no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro quebrou um jejum de quatro partidas sem conseguir vencer e agora é o terceiro colocado com 41 pontos conquistados. Já o Criciúma, que sonhava em se aproximar dos primeiros lugares, caiu para a 12ª colocação com 32 pontos ganhos. 

Os dois times voltarão a jogar no fim de semana. O Vitória vai para o interior de Goiás onde enfrenta o Atlético-GO. Já o Criciúma joga contra o Macaé, no Rio de Janeiro. As duas partidas serão no próximo sábado.

Criciúma x Vitória Natan (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC)Vitória lutou e conseguiu os três pontos para permanecer no G-4 (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC)

O show de Rhayner
Enquanto o Criciúma iniciou o jogo com a empolgação da torcida, o Vitória levava consigo a pressão pelo resultado ruim na última rodada. Mas nada disso interferiu em Rhayner. É sabido que ele é um atacante, mas tem atuado no meio de campo e feito a diferença. Assim foi quando, aos dois minutos, desviou cruzamento na área, Luiz rebateu e ele próprio mandou para o fundo das redes. 

Na desvantagem, o Tigre partiu para o ataque. Até que teve mais domínio, mas pouca efetividade. Na base do contra-ataque, o Leão continuou assustando. No último minuto do primeiro tempo, Diogo Mateus deu uma bela assistência para Rhayner, que entrou em velocidade e fez o segundo gol do time baiano. Pela primeira vez na carreira o atacante conseguiu balançar as redes duas vezes em 45 minutos.

Emoção até o fim
Apoiado pela torcida, o Criciúma começou o segundo tempo colocando pressão no time baiano. Criou, atacou, assustou e balançou as redes aos 12 minutos. Roger Guedes cruzou para a área, a bola desviou na zaga do Vitória e encobriu o goleiro Gatito Fernández. 

O Tigre diminuiu a vantagem no placar e aumentou ainda mais a pressão. De tanto tentar, chegou ao empate aos 27 minutos, quando Wanderson desviou de cabeça um cruzamento de Lucca. Com o placar igualado, a torcida aumentou ainda mais a festa na arquibancada e o time da casa tentou a virada. O ímpeto só diminuiu quando, dez minutos depois, Marcão recebeu o cartão vermelho.
A superioridade numérica encorajou Vagner Mancini a colocar o Vitória mais ofensivo. Vander, Jorge Wagner e Euller entraram em campo para buscar os três pontos. E foi exatamente com um deles que o triunfo chegou. Vander fez boa jogada pela ponta esquerda e bateu colocado para marcar um golaço. O triunfo estava garantido.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.