Brasileirão Série A

Ceni falha, leva outro por cobertura e Palmeiras empata no fim

9/27/2015 06:18:00 PMReginaldo Júnior




Naquela que pode ser a sua última semana no clube, o colombiano Juan Carlos Osorio deixou escapar praticamente no último minuto a sua primeira vitória em clássicos. Em seu quarto dérbi, o técnico viu Rogério Ceni repetir o Paulistão-2015, falhar bizarramente no fim e Robinho empatar em 1 a 1 em gol de cobertura, neste domingo, no Morumbi.

O zagueiro e volante Rodrigo Caio ficou em prantos com o lance.

http://files.espn.com.br/media/W1siZiIsIjIwMTUvMDkvMjcvMTgvMDMvMTIvNjA5OWY0N2YtZTk3MS00ZWZjLTk1MDEtMDJjZTA0MzNjOTM1Lzk2MF9jMmI2NmQxOC1kZTJlLTNjMWEtYTg5ZC1iNTk0ZTI4ODAzODUuanBnIl0sWyJwIiwidGh1bWIiLCIzMjV4MTgyIyJdXQ/960_c2b66d18-de2e-3c1a-a89d-b594e2880385
Foto: ESPN

Nos confrontos anteriores com os rivais, Osorio também levou a pior - empate com o Corinthians em 1 a 1 e derrotas para o Palmeiras e para o Santos por 4 a 0 e 3 a 0, respectivamente.
Na mira da seleção mexicana, ele deve decidir o seu futuro nesta semana.

Antes da partida, o presidente Carlos Miguel Aidar deixou claro que a relação comandante não foi abalada por seu comentário de que não confiava mais na diretoria, após o desmanche do elenco.
O lateral Carlinhos abriu o placar aos 15 minutos do segundo tempo. O time tricolor aproveitou 'cochilo' da revelação Gabriel Jesus, em atuação desastrosa, evitou a saída da bola em escanteio e saiu em contra-ataque com Paulo Henrique Ganso. O meia, então, encontrou o lateral, que soltou bomba com o pé direito.

O empate do Palmeiras veio aos 47 minutos. Rogério tentou sair jogando dentro da área, foi apertaado por Alecsandro e entregou a bola no pé de Robinho. De fora da área, o meia encobre o goleiro. Se confirmada a sua aposentadoria ao final da temporada, esse pode ter sido o último Choque-Rei do camisa 1.

O São Paulo ainda teve motivo para ficar na bronca com o árbitro Anderson Daronco.
Aos 12 minutos, a defesa tricolor rebateu bola para frente, Fernando Prass tentou se antecipar a ela e foi enganado pelo gramado. Ao perceber que ela iria encobri-lo, o goleiro tentou se recuperar e tocou com a mão fora da área. O time comandado por Osorio reclamou, mas foi marcado apenas o tiro de meta.

Breno e Zé Roberto foram desfalques de última hora nas duas equipes.

A etapa inicial foi praticamente toda ela dos donos da casa.

Com uma distância grande entre sua defesa e seu meio-campo, o Palmeiras deu espaço de sobra para Ganso e companhia criarem. Não faltaram oportunidades.

Logo aos sete minutos, Alexandre Pato fez excelente jogada, cortou Thiago Santos e passou para Michel Bastos. O meia-atacante soltou uma bomba e viu o chute 'tirar' tinta do travessão.

Em seguida, foi a vez de Ganso avançar com liberdade e receber sozinho também na entrada da área e finalizar com perigo, rente à trave.

Assustou.

O São Paulo chegava como queria. Aos 21 minutos, foi a vez de Carlinhos tentar de longe e exigir grande defesa de Prass. No rebote, Rogério ainda foi atrás da bola, mas foi flagrado em posição de impedimento.

Ele recebeu aos 23 na área, marcou o gol, porém, estava mais uma vez adiantado.

O Palmeiras continuava recuado demais e dependia da individualidade de Gabriel Jesus, que prendia a bola e não conseguia dar prosseguimento nos lances. Ainda assim, a equipe alviverde, enfim, ameaçou pela primeira vez, em cruzamento de André Girotto pela direita para cabeceio de Robinho, aos 30, que ficou no travessão.

O time do Palestra Itália equilibrou um pouco o jogo antes da ida para o intervalo.
Na volta dos vestiários, os palmeirenses, enfim, entraram em campo e passaram a levar mais perigo ao gol defendido por Rogério Ceni. Não suficiente, de qualquer forma, para segurar o São Paulo em seu campo de defesa.

Os donos da casa mantiveram a pressão e quase abriu o placar, aos cinco minutos, aproveitando descida de Matheus Reis e insistência do lateral no passe para dominar na entrada da área e arrancar o grito de gol da torcida no Morumbi.

O São Paulo falhava no último passe e via o Palmeiras assustar.

Gabriel Jesus chegou a invadir a área sozinho, mas demorou a soltar a bola. Na sobra, Barrios finalizou em cima da marcação. O próprio Gabriel tentou manter a posse, mas, ao tentar o escanteio, viu a zaga tricolor recuperar e sair em contra-ataque com Ganso. O meia encontrou Carlinhos arrancando com liberdade e entregou para o ex-Fluminense mandar uma bomba com o pé direito e abrir o marcador, aos 15 minutos.
Sem chance para Prass.

O São Paulo levava o jogo em banho-maria até ser surpreendido pela falha de Rogério Ceni aos 47 minutos e voltar a ser encoberto por Robinho em saída de bola errada.

Com o resultado, o time perde uma posição, é ultrapassado pelo Santos e cai para sexto, com 43 pontos. O Palmeiras segue em quarto, com 45.
Fonte: ESPN


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.