Brasileirão Série A

No contra-ataque, São Paulo vence o Grêmio fora e segue na cola do G-4

9/13/2015 06:12:00 PMReginaldo Júnior

Com gols de Alexandre Pato e Rogério, o Neymar do Nordeste, Tricolor paulista bate o gaúcho, que agora vê o líder Corinthians mais distante na classificação




Esqueça aquele São Paulo que foi presa fácil para o Santos no meio de semana. O São Paulo deste domingo foi aquele que já brigou pelo título do Brasileirão e que até pouco tempo atrás estava no G-4. Resultado: uma vitória convincente e apertada sobre o forte Grêmio, fora de casa. Com gols de Pato e Rogério, em belos contra-ataques, o Tricolor paulista venceu o gaúcho por 2 a 1 (Everton fez para o time da casa), em jogo válido pela 25ª rodada. Foi a primeira derrota dos anfitriões em Porto Alegre na competição.

O resultado não mudou nada em termos de classificação para as duas equipes. O Grêmio segue em terceiro, com 45 pontos, mas agora a nove pontos do líder Corinthians. E o São Paulo, com 41, mantém a terceira colocação, ficando fora do G-4 por ter menos vitórias que o Flamengo.
Na próxima rodada do Brasileirão, o Grêmio joga na quarta-feira, às 21h, contra o Atlético-PR, em Curitiba. Já o São Paulo recebe a Chapecoense, quinta-feira, às 19h30, no Morumbi.

Jogadores do São Paulo comemoram gol de Pato sobre o Grêmio (Foto: Edu Andrade/Agência Estado)Jogadores do São Paulo comemoram gol de Pato sobre o Grêmio (Foto: Edu Andrade/Agência Estado)

O jogo

A marcação adiantada do São Paulo pressionou o Grêmio no campo de defesa. A estratégia de Juan Carlos Osorio para o jogo diante dos gaúchos rendeu boas chances. A maioria delas com Pato. O atacante tentou de longe, de perto, mas parou em Bruno Grassi. Aos poucos, os donos da casa encontraram espaços na defesa paulista. E na troca de passe eram perigosos.

Depois dos 20 minutos, o Grêmio cresceu no jogo. Mas deu o contra-ataque ao São Paulo. Foi assim que os visitantes abriram o placar em Porto Alegre. Douglas, em cobrança de falta, acertou a barreira. A bola ficou com o São Paulo, que, em jogada de Ganso com Thiago Mendes e Calinhos, encontrou Pato. O atacante se livrou de dois marcador e bateu aos 34: 1 a 0.

Na sequência, o Grêmio tentou a reação. Fernandinho recebeu belo passe na grande área, mas Renan Ribeiro saiu do gol para cortar. No último lance do primeiro tempo, os gaúchos tiveram outra oportunidade de parar. Mas Lucão travou Giuliano perto da pequena área. O zagueiro do São Paulo levantou do chão com os punhos cerrados, comemorando.

Galhardo Grêmio São Paulo Arena RS  (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)Alexandre Pato, autor do primeiro gol, observa Galhardo, do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Na volta para o segundo tempo, o Grêmio tomou a iniciativa da partida. Mas o setor defensivo do São Paulo não dava brecha. Ganhava todas. Na que seria a melhor chance dos donos da casa, Fernandinho caiu após disputa com Matheus Reis, na meia-lua. Sandro Meira Ricci nada apitou. Os jogadores do time gaúcho reclamaram do lance.

Bem na defesa, o São Paulo conseguia encaixar vez ou outra um bom contra-ataque. Sempre com muita velocidade. Mas o time pecava nas finalizações. No Grêmio, mais reclamação contra Sandro Meira Ricci, que não viu falta em carrinho de Rodrigo Caio em Giuliano. Atrás da reação, o técnico Roger Machado mandou o Tricolor gaúcho para o ataque.

Mas isso deu mais espaço para o São Paulo, firme e competitivo. Em novo contra-ataque, aos 45, Rogério arrancou para o ataque e fez o segundo dos paulistas. Fim de jogo? Não. O Grêmio, com Everton, aos 47, fez um gol. E ainda tinha três minutos de acréscimos. Mas a vitória foi do Tricolor paulista, que, no geral, foi melhor do que os donos da casa.

Edinho, Grêmio, São Paulo, Arena (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)Edinho e Ganso em disputa durante a partida deste domingo, em Porto Alegre (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.