Brasileirão Série B

Em duelo eletrizante, Santa vence o Ceará, encosta no G-4 e afunda rival

9/19/2015 09:37:00 PMReginaldo Júnior

Tricolor chegou aos 44 pontos e está a dois do Bahia, que abre a zona de acesso. Enquanto isso, Vovô segue longe de deixar o Z-4 da Série B do Brasileiro




O Santa Cruz não foi avassalador, mas fez o suficiente para vencer o Ceará por 2 a 1, na Arena Pernambuco e se aproximar ainda mais do G-4. Contra um Vozão jogando para fugir do rebaixamento, os tricolores acabaram sendo mais eficientes para ficar com os três pontos. Mas não foi fácil. Após sair na frente, com Grafite, e ver o Alvinegro empatar, com Ricardinho, - e pressionar - a Cobra Coral mostrou que entrou de vez na luta pelo acesso e, aos 41 minutos, Vítor usou a cabeça para dar a vitória ao time de Marcelo Martelotte.

Com a vitória, o Santa Cruz chega aos 44 pontos e assume a  5ª posição da Série B, com dois pontos a menos que o Bahia. Já o Ceará, segue em 17º com os mesmos 25 pontos e tentando sair do Z-4. As equipes voltam a jogar no às 16h30 do próximo sábado. O Tricolor vai até São Luís do Maranhão, onde enfrenta o Sampaio Corrêa. Já o Vovô, recebe o Oeste.

Santa Cruz x Ceará (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Gafrite volta marcar e ajuda Santa a chegar aos 44 pontos (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

O técnico Marcelo Martelotte surpreendeu ao colocar o atacante Nathan no jogo. Ele não atuava há mais de dois meses e parece ter pego o Ceará desprevenido. Foram dele as primeiras chances do Santa. Aos 10, chutou de fora da área para boa defesa de Luís Carlos. No minuto seguinte teve a principal chance ao ficar frente a frente com Luis Carlos e chutar por cima do goleiro. O Tricolor foi melhor em campo, mas entrou pouco na área do Vozão. Assustou mais em chutes de fora da área com João Paulo e Daniel Costa. Enquanto isso, o Alvinegro pouco fez. Ricardinho tentou uma finalização de fora da área, mas foi de Wescley a principal chance ao aproveitar uma falha da defesa e isolar a bola num chute quase na pequena área.
Apesar de ter sido melhor no primeiro tempo, o Santa Cruz teve dificuldades de entrar na área do Ceará e elas persistiram na segunda etapa. Mas, aos oito minutos, Lelê foi derrubado na área por Tiago Cametá e Grafite abriu o placar na cobrança do pênalti. A tendência era o jogo se tornar mais tranquilo para o Santa, mas na prática isso não aconteceu. Ricardinho começou a ter mais liberdade e chutou forte para uma defesa de Tiago Cardoso aos 21 minutos. No escanteio, ele pegou o rebote e voltou a arriscar de longe. E desta vez a bola entrou.

O empate fez o jogo crescer. O Santa tentou se lançar mais ao ataque e o Ceará aproveitar os contra-ataques. E num desses, aos 27 minutos, Júlio César entrou sozinho na área e chutou para o gol. Só que Mazola, em posição de duvidosa, tocou na bola e fez com que o juiz anulasse o gol da virada. Ele ficou no quase novamente aos 33, quando Rafael Costa chutou para nova defesa de Tiago Cardoso, mas foi o Santa que fez o segundo. Já na reta final do jogo, Allan Vieira foi até a linha de fundo e achou o outro lateral, Vítor, sozinho na área para marcar o gol da vitória.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.