Brasileirão Série A

Ponte mata jogo no contra-ataque e deixa luta contra a degola para o Goiás

9/16/2015 11:23:00 PMReginaldo Júnior

Com ajuda do banco de reservas, Macaca faz dois gols em jogadas rápidas, vence a 2ª seguida e se afasta do Z-4; já Esmeraldino fica à beira da zona do rebaixamento




Depois desta quarta-feira, a luta contra o rebaixamento é uma realidade que pertence muito mais ao Goiás do que à Ponte Preta. Mortal nos contra-ataques, a Macaca fez 2 a 1 no Serra Dourada, pela 26ª rodada, se afastou de vez da degola com a segunda vitória consecutiva e deixou o Esmeraldino ameaçado. Após entrarem em campo separados por três pontos, os times se distanciam não apenas na tabela, mas também no aspecto emocional.
Biro Biro e Alexandro, em jogadas rápidas, uma em cada tempo, garantiram o triunfo e colocaram a Ponte com 34 pontos, a sete do Coritiba, que abre o Z-4 - ainda joga na quinta, contra o Flamengo, em Brasília. Já o Goiás sofre a segunda derrota seguida e, com 28 pontos, fica à beira da zona de rebaixamento. A bela cobrança de falta de Fred, que chegou a empatar a partida, não foi suficiente para impedir o resultado negativo. A Ponte foi mais efetiva e voltou a vencer como visitante depois de 100 dias - a última havia sido em 3 de junho, contra o Vasco, por 3 a 0.

Em mais um duelo direto na parte de baixo da tabela, o Goiás tem pela frente o Joinville, domingo, às 11h, novamente no Serra Dourada. No sábado, às 21h, a embalada Ponte recebe um Fluminense em crise para consolidar a recuperação no Brasileiro.

Goiás Ponte Preta Biro Biro (Foto: Ag Estado)Biro Biro abriu o caminho para a vitória da Ponte Preta no Serra Dourada (Foto: Ag Estado)

O jogo

Um primeiro tempo de muita transpiração - até pelas dimensões do gramado, mas raros lances de inspiração. A Ponte deu as cartas em triangulação que acabou no gol de Biro Biro, logo aos cinco minutos. Em vantagem, porém, recuou e chamou o Goiás para cima. O Esmeraldino preencheu o campo defensivo da Macaca até achar o empate, em cobrança de falta perfeita do zagueiro Fred, aos 27 minutos.

Daí em diante, os times até tiveram espaço para criar novas chances, mas faltou capricho. Felipe Azevedo era a principal opção ofensiva da Macaca, enquanto que Bruno Henrique carregava o Goiás à frente, mas os companheiros deles não acompanhavam o ritmo.

Os donos da casa tomaram a iniciativa no segundo tempo, com a velocidade de Erik e Bruno Henrique pelas pontas e a presença de Zé Love na área. Apesar de controlar as ações, pouco ameaçou Marcelo Lomba. Uma cabeçada de Zé Love foi a jogada mais perigosa.

A Ponte, por sua vez, adotou a postura de esperar para sair no contra-ataque. A estratégia ganhou força com as entradas de Cristian e Alexandro, que colocaram mais intensidade no ataque alvinegro. O golpe fatal aconteceu aos 35 minutos, quando Biro Biro achou Cristian na área, e o meia cruzou para Alexandro entrar de carrinho e recolocar a Ponte na frente. Com o Goiás pressionado e sem confiança, a Macaca se fechou para segurar o resultado e dar mais um passo importante na missão de permanecer na elite nacional.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.