Brasileirão Série B

Mogi Mirim e Oeste ficam no zero e seguem na luta contra o Z-4 da Série B

9/04/2015 11:14:00 PMReginaldo Júnior

Em Mogi, equipes voltam a ficar no mesmo 0 a 0 registrado no 1º turno, em Osasco, placar que mantém o Sapão na lanterna e o Rubrão muito próximo da zona da degola




Mogi Mirim e Oeste voltaram a empatar em 0 a 0 na noite desta sexta-feira, em partida válida pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, mesmo resultado do confronto do primeiro turno, em Osasco. O resultado da partida, realizada no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim, mantém os dois times em situação praticamente inalterada em relação à abertura da rodada, ou seja, ambos seguem em suas lutas contra o rebaixamento.

Mesmo jogando fora de casa, o Oeste foi melhor durante quase todo o jogo e perdeu a conta das oportunidades que teve para fazer pelo menos um gol neste confronto. Acertou a trave, perdeu gol inacreditável sem goleiro e, com isso, deu chances para que o Mogi, mesmo sem ser tão eficiente, pudesse ter surpreendido – o Sapão teve pelo menos duas grandes chances.

Mogi Mirim x Oeste (Foto: Reprodução PFC)Lance da partida entre Mogi Mirim e Oeste, no estádio Romildão: times seguem ameaçados (Foto: Reprodução PFC)
O empate sem gols mantém as duas equipes praticamente na mesma – e ruim – situação em que começaram a 23ª rodada. O Oeste foi a 27 pontos e está na 15ª colocação, sem risco de perdê-la nesta rodada. Primeiro, porque o Atlético-GO, que também soma 27 e está em 16º, teve seu jogo adiado para o dia 22, e, depois, porque o Boa Esporte, o 17º e primeiro time dentro do Z-4, está com 23 pontos. A situação do Mogi não se altera: foi a 19 pontos e terminará a rodada do mesmo jeito que começou, ou seja, na lanterna isolada.

Pela 24ª rodada, o Oeste volta a campo na próxima segunda-feira, feriado da Independência, quando recebe o CRB, às 16h, no estádio José Liberatti, em Osasco, cidade onde o time de Itápolis manda seus jogos nesta temporada da segundona nacional. No dia seguinte, na terça-feira, às 19h, o Mogi Mirim enfrenta o Boa Esporte, no estádio municipal de Varginha.

O jogo

A partida começou com as duas equipes naturalmente nervosas, pela situação vivida por ambas na classificação, mas a partir da metade da etapa inicial o Oeste começou a se mostrar mais equilibrado e em condições de sair do duelo com a vitória. Aos 20, com Wagninho, e aos 23, com Wangler, o Rubrão por muito pouco não abriu o placar e dava indícios de que complicaria ainda mais a situação do Mogi.

O time da casa, mesmo dominado, acabou tendo a principal oportunidade para abrir o placar, aos 43, quando o goleiro Leandro Santos defendeu de forma espetacular uma conclusão à queima-roupa do atacante Matheus Ortigoza.

No segundo tempo, o Mogi trocou de goleiro, mas o domínio do Oeste se acentuou e as chances foram aparecendo, desperdiçadas uma a uma de todas as formas. A maior de todas veio logo no primeiro minuto da etapa final, quando Wangler deixou o atacante Júnior Negão sozinho na pequena área, mas ele errou a conclusão de forma bisonha.

Depois disso, o próprio Negão, Wangler e Rafael Costa tiveram chances claras de abrir o placar, mas falharam. Rodriguinho, que entrou no segundo tempo, ainda acertou a trave do goleiro Mauro. Com tanta ineficiência ofensiva, aliada à incapacidade do Mogi em criar oportunidades, a partida terminou mesmo em 0 a 0.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.