Brasileirão Série B

Dupla frustração: Macaé e Criciúma criam chances, mas ficam no empate

9/12/2015 11:08:00 PMReginaldo Júnior

Alvianil domina primeira etapa, sai na frente, mas Tigre empata no segundo tempo e desperdiça oportunidades de sair vencedor. Time de Josué Teixeira fica perto do Z-4




Macaé e Criciúma deixaram o Moacyrzão frustrados na noite deste sábado. Ambos criaram várias chances para saírem vencedores, tiveram seus momentos de domínio na partida, mas ficaram no 1 a 1, em jogo que fechou a 25ª rodada da Série B. Os dois também vêm de sequências negativas e buscavam findá-las, mas agora seguem em situações preocupantes no campeonato.
Juninho abriu o placar para o Macaé, aos 16 minutos do primeiro tempo. Ele mesmo e Aloísio podiam ter ampliado para os donos da casa, mas desperdiçaram suas chances. O Criciúma, que esbarrou na falta de criatividade na primeira etapa, acordou na segunda, empatou com Lucca e quase virou. Apenas quase. O time de Josué Teixeira tem apenas uma vitória nos últimos 13 jogos da Série B, com 29 pontos, na 15ª colocação. A equipe de Petkovic segue no meio da tabela. Em 11º, com 33 pontos.

Na próxima rodada, o Macaé encara o Bragantino, nesta terça, em Bragança Paulista, às 19h. O Criciúma recebe o Sampaio Corrêa, no Heriberto Hülse, também nesta terça, às 20h30.

Jogos distintos em cada tempo

O Macaé mostrou mais disposição desde o início. No entanto, a proximidade com a zona de rebaixamento parecia ter deixado a equipe nervosa, que pressionava, mas com pouca organização. Juninho tratou de tranquilizar os donos da casa quando, aos 16 minutos, recebeu bom passe de Juninho, se infiltrou entre os zagueiros do Tigre pela direita e chutou forte, cruzado, para abrir o placar.
http://www.lancenet.com.br/fotos/Criciuma-Macae-Serie-Apresentacao-TR_LANIMA20150605_0142_24.jpg
Foto: Internet

O Criciúma não conseguiu reagir. Resumiu seu poder ofensivo a uma falta cobrada por Marcos Assunção. Os catarinenses ficaram presos na marcação e teve poucas jogadas laterais. Quem mais se aproximou do gol na primeira etapa foi o Macaé, com Aloísio, duas vezes, mas o Alvianil não ampliou o placar. 

A segunda etapa foi completamente diferente. O domínio passou a ser carvoeiro. Aloísio e Juninho até perderam uma ótima chance, quase que simultaneamente, aos sete minutos. Mas o Macaé se retraiu, e o Tigre acordou. Adiantou a marcação, se movimentou melhor e chegou ao empate. Aos 20 minutos, Lucca aproveitou rebote em chute de Maurinho e fez. Rafael ainda salvaria os donos da casa em cabeçada de Lucca, mas a virada catarinense não saiu, apesar das inúmeras chances criadas pelo time de Petkovic.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.