Brasileirão Série B

Em jogo de tempos distintos, Macaé e CRB não saem do zero no Moacyrzão

9/19/2015 11:18:00 PMReginaldo Júnior

Alvianil Praiano foi melhor na primeira etapa, enquanto o Galo teve as melhores chances no tempo final. Macaé continua em 15º e CRB permanece na 12ª posição




O confronto entre Macaé e CRB, pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, colocou em campo duas equipes que estavam sem saber o que é derrota há dois e três jogos, respectivamente. E o objetivo dos dois times era deixar a sequência de partidas sem derrotas aumentar. Numa partida de tempos distintos, o placar não saiu do zero e as equipes permanecem nas mesmas colocações na Segundona. O Macaé continua em 15º, com 31 pontos, e o CRB em 12º, somando 34 pontos conquistados.

O Macaé volta a campo na próxima terça, às 19h (de Brasília), para enfrentar o Botafogo, longe de casa, no Engenhão. Já o CRB recebe o Mogi Mirim no sábado, a partir das 16h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Macaé X CRB (Foto: Reprodução/Premiere FC)Macaé e CRB ficaram no 0 a 0, jogando no Moarcyrzão (Foto: Reprodução/Premiere FC)

Primeiro tempo
Num primeiro tempo em que foi melhor, o Macaé começou assustando o CRB logo aos 3 minutos de jogo. Num cochilo da defesa regatiana, Anselmo aparaceu sozinho na segunda trave, mas cabeceou nas mãos de Júlio César. O CRB respondeu com Diego Jussani, aos 13. Após cobrança de falta de Danilo Bueno, o zagueiro do Galo cabeceou e Rafael espalmou. A jogada aérea era a tônica da partida e o Alvianil Praiano voltou a levar perigo aos 24, desta vez com Ramon. Em cobrança de escanteio de Diego, o zagueiro subiu mais alto que todo mundo e mandou por cima. O time praiano voltou a assustar aos 34, com Aloísio. O meia fintou o marcador, invadiu a área e chutou, mas Audálio travou e a bola saiu pela linha de fundo. Antes do fim da primeira etapa, o Macaé assustou novamente aos 42 minutos, com Juninho. Ele recebeu na entrada da área, abriu espaço e chutou colocado. Júlio César fez a ponte, salvando o Galo.

A etapa final
O Macaé retornou para o segundo tempo novamente com mais disposição. Cobrando falta, Juninho quase abre o placar, aos 4 minutos; a bola passou perto da trave de Júlio César. A resposta do CRB veio com muito perigo, aos 11 minutos. Pegando rebote da zaga da equipe carioca, Wellington Saci chutou forte, da entrada da área, e Rafael espalmou para escanteio. O Galo começou a gostar do jogo e quase balançou a rede do Macaé, aos 13. Bocão chutou rasteiro, de perna direita, e acertou a trave do goleiro Alvianil. Numa boa descida de Wellington Saci, pelo lado esquerdo, o meia chutou cruzado, a bola desviou no 'morrinho artilheiro' e quase traiu o goleiro, antes de sair pela linha de fundo.

A entrada de Clebinho, no lugar de William Cordeiro, deu mais mobilidade ao CRB e o time de Mazola Júnior passou a criar as chances mais claras de gol. O time alvirrubro continuou pressionando e, aos 30, Daniel Cruz perdeu uma chance incrível. Sozinho, após rebote de Rafael, o atacante do Galo isolou, mandando muito longe. Nos acréscimos, numa disputa de bola dentro da área do Macaé, o zagueiro Audálio foi puxado na área (veja o lance abaixo), os jogadores do CRB ficaram pedindo pênalti, e o árbitro Marcos Mateus Pereira mandou o jogo seguir. Aos 49 minutos, ele encerrou a partida.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.