Brasileirão Série B

Atlético-GO arranca empate no último minuto contra o Luverdense: 1 a 1

9/08/2015 11:00:00 PMReginaldo Júnior

Verdão do Norte joga melhor, abre vantagem, mas vê adversário empatar aos 49 minutos do segundo tempo e conquistar um ponto no estádio Passo das Emas




Empate com gosto de derrota para o Luverdense. Nesta terça-feira, o Verdão do Norte atuou melhor, abriu o placar contra o Atlético-GO no primeiro tempo, mas, no apagar das luzes, viu o time goiano empatar o jogo. Prêmio para o esforço do Dragão, que não desistiu e buscou importante ponto na luta contra o rebaixamento. Tozin, de pênalti, e Juninho, aos 49 minutos do segundo tempo, marcaram os gols do empate por 1 a 1 no estádio Passo das Emas.

O Luverdense completou seis rodadas se invencibilidade na Série B e assumiu a 11ª colocação, com 32 pontos. Se tivesse vencido, no entanto, o time da casa estaria mais próximo dos primeiros colocados da segunda divisão. O próximo jogo será sábado, fora de casa, contra o Santa Cruz. No mesmo dia, o Atlético-GO, que tem um jogo a menos, receberá o Vitória. O Rubro-Negro está na 16ª colocação, com 28 pontos.
O Luverdense foi amplamente superior no primeiro tempo e poderia ter ido para o vestiário com vantagem maior. Aos oito minutos, Da Matta arriscou de longe, e a bola passou muito perto do travessão do goleiro Márcio. Aos 25, Feijão tentou evitar chute dentro da área rubro-negra, desviou com a mão e cometeu pênalti. Tozin cobrou com força e abriu o placar: Luverdense 1 a 0. O curioso é que tanto Da Matta como Tozin enfrentaram o Atlético-GO no Campeonato Goiano – por Goianésia e Aparecidense, respectivamente. Mesmo com a vantagem, o time da casa continuou na pressão.
O lateral-direito Éder Sciola evitou o perigo após cruzamento de Diego Rosa que chegaria aos pés de Alípio. Em boa fase na Série B, o Luverdense tocava bem a bola e envolvia completamente o Dragão. O segundo gol só não saiu por dois milagres do goleiro Márcio. No primeiro, ele avançou nos pés de Alípio e evitou o gol. Pouco tempo depois, o arqueiro atleticano defendeu chutes de Tozin e Diego Rosa à queima-roupa. O Atlético-GO só foi perigoso aos 44 minutos, quando Geraldo finalizou à direita de Edson Kölln.

Empate nos acréscimos 
Insatisfeito com o desempenho rubro-negro, o técnico Gilberto Pereira lançou o time pra cima na etapa final. Washington substituiu Anderson Pedra logo no intervalo. Pouco depois, Thiago Primão entrou no lugar de Feijão. As alterações deixaram o Atlético-GO praticamente sem jogadores de marcação no meio-campo. Mas a primeira boa chance foi chute perigoso de Osman, que arriscou de longe e assustou Márcio. O Dragão respondeu com Éder Sciola, que chutou com perigo e obrigou Edson Kölln a fazer boa defesa. Washington quase empatou em cobrança de falta. De tanto tentar, o Rubro-Negro empatou aos 49 minutos. Jorginho ajeitou de cabeça para Juninho, que completou de primeira e deixou tudo igual: 1 a 1. 

Luverdense x Atlético-GO - Série B 2016 (Foto: Reprodução / PFC)Luverdense e Atlético-GO empatam por 1 a 1(Foto: Reprodução / PFC)
Fonte: Globo Esporte



You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.