Brasileirão Série A

Inter acaba com série invicta do líder Corinthians e volta a sonhar com G-4

9/17/2015 12:07:00 AMReginaldo Júnior

Com gols de Réver e Valdivia, Colorado vence o Timão no Beira-Rio e pode terminar a rodada a um ponto da zona da Libertadores. Paulistas mantém distância para o Galo




Vencer o líder já seria legal para o Inter. Mas bater o melhor time do Brasileirão de virada, voltar a sonhar com a Libertadores e ainda quebrar uma invencibilidade de 17 jogos do rival é excelente. Com gols de Réver e Valdivia, o Colorado fez 2 a 1 no Corinthians, no Beira-Rio, na noite desta quarta-feira, pela 26ª rodada, com atuação contundente. Ao Timão, resta lamentar o fim da série invicta de quase três meses. Se não perdesse do Inter, igualaria marcas históricas de São Paulo, em 2008, e Atlético-PR, em 2004. Ao menos a situação na tabela continua confortável.
Para o Internacional, a vitória significa poder ficar a um ponto do G-4 ao final da rodada. Mas isso só ocorre se São Paulo e Flamengo perderem seus jogos na quinta-feira. E para o Corinthians, perder não mudou nada. Absolutamente nada. Com a derrota do Atlético-MG para o Santos, o Timão segue na liderança do Brasileirão com os mesmos cinco pontos de distância para o Galo.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional recebe o Figueirense, sábado, às 18h30, no Beira-Rio. Já o Corinthians tem clássico contra o Santos, em casa, domingo, às 11h.

Valdívia marca contra o Corinthians (Foto: Diego Guichard)Valdivia comemora o gol da virada do Internacional com os companheiros (Foto: Diego Guichard)

O jogo

O Internacional começou a partida na correria, na tentativa de pressionar o Corinthians. E logo de cara deu polêmica. No primeiro minuto, após chute de Valdivia, os colorados reclamaram toque de mão de Uendel. Mas o árbitro nada marcou. A pressão do Inter continuou, mas o time não conseguiu transformar em chances reais.

Melhor para o Corinthians. O time paulista, com bom toque de bola, começou a jogar no contra-ataque, na velocidade. Mas o gol saiu com uma pitada de "sorte". Aos 18 minutos, Malcom bateu de fora da área, a bola desviou em Paulão e enganou o goleiro Alisson: 1 a 0. Antes, o Timão já tinha perdido Uendel, machucado. O lateral-direito Edilson, improvisado, entrou na esquerda.

O Inter não se abateu com o gol sofrido e manteve a postura de tentar pressionar. Deu certo. Aos 37 minutos, depois de cobrança de escanteio de Valdivia e desvio, Réver apareceu para empatar. O gol do Colorado colocou fogo no jogo. Mas foram do Corinthians as melhores chances. Vagner Love, Renato Augusto, Fagner... Todos eles pararam em defesas de Alisson.

No segundo tempo, o Inter apostou no contra-ataque, e o Corinthians, no toque de bola. Estava difícil para os dois lados, mas os donos da casa eram mais intensos. Com mais velocidade, o Colorado tinha mais tempo no ataque. Mas ora pecava na finalização, ora na criação. O Timão, por sua vez, era até perigoso quando tinha a posse de bola, mas não conseguia concluir.

Aos 28 minutos, então, o Inter foi premiado pela sua postura. O zagueiro Paulão resolveu atacar como ponto, deu drible da vaca em Edilson e cruzou. Valdivia chegou chutando de primeira e fez o segundo do Colorado. O Corinthians ainda teve a chance de empatar em falta perigosa, mas o chute de Jadson parou na barreira e a vitória do Inter foi sacramentada.

Malcom vibra com gol no Beira-Rio (Foto: Wesley Santos / Agência Press Digital)Malcom vibra com o gol do Corinthians, marcado ainda no primeiro tempo (Foto: Wesley Santos / Agência Press Digital)

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.