Brasileirão Série A

Cruzeiro vence fora, respira na tabela e coloca Chape no Z-4 pela primeira vez

9/20/2015 08:41:00 PMReginaldo Júnior

Fabiano, ex-Chapecoense, abre o placar em chute de muito longe e falha de Danilo; Rafael Lima joga contra o próprio patrimônio e dá números finais à partida: 2 a 0




O respiro de um é a falta de ar do outro. Com a vitória do Cruzeiro sobre a Chapecoense, neste domingo, fora de casa, por 2 a 0, a Raposa ganhou fôlego na luta contra o rebaixamento ao mesmo tempo que coloca o adversário catarinense entre os quatro piores do Brasileirão pela primeira vez na Série A em 2015. Fabiano, ex-Chape, abriu o marcador em chute de muito longe e falha de Danilo, e Rafael Lima fechou o placar ao marcar contra o próprio patrimônio.
Com o resultado, o time mineiro sobe um degrau na tabela de classificação ao alcançar os 33 pontos. A Chapecoense por sua vez, cai quatro posições e termina a rodada em 17º, e agora é o nome que abre a zona de rebaixamento.

Enquanto o Cruzeiro tem uma semana de folga e volta a atuar apenas no próximo domingo, diante do Coritiba, no Mineirão, a Chapecoense tem uma maratona pela frente. De Chapecó, a equipe vai até Assunção, no Paraguai, para enfrentar o Libertad, na quinta-feira, pela Copa Sul-Americana. De lá, encara outra longa viagem até Recife, onde enfrenta o Sport, no domingo, às 16h, na Ilha do Retiro.

Chapecoense x Cruzeiro - Fabiano  (Foto: Diego Carvalho/Aguante)Fabiano marca contra seu ex-clube (Foto: Diego Carvalho/Aguante)

O jogo

Apesar de jogar fora de casa, o Cruzeiro se sentiu à vontade na Arena Condá desde o começo do jogo. Teve logo a melhor oportunidade em cabeceio de Paulo André, e abriu o marcador com 11 minutos de bola rolando. Fabiano, ex-Chapecoense, bateu de muito longe, aproveitou o gramado molhado, e Danilo aceitou. Em meio a uma tentativa de reação do time da casa, a Raposa cortou logo o barato. Ao tentar cortar um cruzamento na área, Rafael Lima acabou jogando contra o próprio patrimônio, para um resultado parcial que já colocava o Verdão na zona de degola pela primeira vez na competição, com as vitórias de Avaí, Coxa e do próprio rival do duelo. A Chape ainda tentou no primeiro tempo diminuir em bela bicicleta puxada por Bruno Silva, mas a bola teimou em não entrar: beijou caprichosamente a trave e saiu.

Na etapa final, com duas mudanças, Guto Ferreira botou o time mais para frente e ganhou mais posse de bola, mas as tentativas terminaram em frustração, do mesmo jeito que a melhor oportunidade do time em nova bicicleta, desta vez de Camilo, um dos reforços do Verdão no segundo tempo. A expulsão de Willians pelo segundo amarelo, aos 23 minutos, deu ânimo aos mandantes, mas foi insuficiente para uma equipe com pouco poderio ofensivo. E o 2 a 0, construído desde o começo do primeiro tempo, foi mantido até o final.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.