Brasileirão Série A

Com recorde de público, Coxa bate o Furacão, amplia tabu e se afasta do Z-4

9/20/2015 08:43:00 PMReginaldo Júnior

Com dois gols no primeiro tempo, Coritiba vence o Atlético-PR por 2 a 0 e mantém a boa fase no Brasileirão. No lado Rubro-Negro, time chega ao quinto jogo sem vitória




A noite que a torcida coxa-branca sonhou, aconteceu. Com mais de 34 mil presentes, o Coritiba confirmou a boa fase da equipe, não deu chances ao rival e bateu o Atlético-PR por 2 a 0 , no Couto Pereira. De quebra, o time alviverde ainda manteve a invencibilidade em jogos no Alto da Glória contra o Rubro-Negro em campeonatos brasileiros, que já dura oito anos. No lado do Furacão, a equipe do técnico Milton Mendes chegou ao quinto jogo sem vitória na competição e ainda viu a distância para o G-4 aumentar.

Com o resultado, o time do técnico Ney Franco chega aos 33 pontos, ganha uma posição na tabela e termina a rodada na 14ª colocação do Brasileirão. Já o Rubro-Negro permanece com 38 pontos e estacionado na nona posição da competição.

Na próxima rodada, o Coritiba encara o Cruzeiro, no domingo, no Mineirão, às 18h30 (horário de Brasília), em Belo Horizonte. No mesmo dia, o Atlético-PR recebe a Ponte Preta, às 11h, na Arena da Baixada. Antes disso, o Furacão encara o Brasília,a quarta-feira, também na Arena, em jogo válido pela Copa Sul-Americana.

henrique almeida coritiba x atlético-pr atletiba (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)henrique almeida coritiba x atlético-pr atletiba (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)

Coxa faz dois; Atlético-PR perde Walter

O primeiro tempo do Atletiba começou a todo vapor. Logo aos 12 minutos, depois de um belo passe de Negueba, Henrique Almeida acertou chutaço de fora da área, no canto direito de Weverton, para abrir o placar no clássico. Atrás do marcador, o Atlético-PR tinha mais posse de bola que o Coxa, mas não conseguia assustar o goleiro Wilson. Enquanto isso, o time alviverde aproveitava os contra-ataques e era mais perigoso que o Rubro-Negro.

A única chance em todo primeiro tempo do Furacão aconteceu aos 40 minutos. Walter aproveitou a bobeira da zaga coxa-branca e saiu cara a cara com Wilson. Na finalização, o camisa 18 tirou do goleiro e a bola passou raspando a trave. No lance, o atacante atleticano acabou sentindo uma lesão e teve que ser substituído. Quatro minutos depois, o castigo rubro-negro. Negueba recebeu ótimo passe de Lucio Flavio dentro da área e chutou cruzado, no ângulo de Weverton, para ampliar o placar no Alto da Glória.


Atlético-PR assusta, mas Coritiba administra vantagem

Em desvantagem no placar, o técnico Milton Mendes resolveu mexer na equipe. O atacante Ewandro entrou no lugar de Deivid e por muito pouco não desconta para o Rubro-Negro. Logo aos três minutos, o atacante recebeu em profundidade, invadiu a área e chutou cruzado. A bola caprichosamente bateu na trave e voltou nas mãos do goleiro Wilson.

A modificação do treinador atleticano, aliado a saída do atacante Kleber Gladiador, com lesão na coxa, equilibrou o clássico na segunda etapa. Com mais posse de bola que o Coritiba, o Atlético-PR tentava apostar na velocidade de Ewandro. No entanto, bem postava em campo, a defesa coxa-branca levava a melhor em todas as jogadas. Sem criatividade, o Atlético-PR tentou abafar o Coritiba no campo de defesa, mas com a vantagem no marcador, o time da casa apenas administrou o resultado até o apito final do árbitro.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.