Brasileirão Série B

Em jogo de muitas chances perdidas, Ceará e Paysandu não saem do zero

9/01/2015 10:38:00 PMReginaldo Júnior

Alvinegro de Porangabuçu cria melhores oportunidades na primeira etapa, mas não consegue marcar. Papão abre espaço no segundo tempo, mas placar não muda




Enquanto um brigava na ponta de cima da tabela, o outro brigava na ponta de baixo. O empate sem gols entre Ceará e Paysandu, nesta terça-feira (1°), na Arena Castelão, não foi bom para as pretensões de nenhum na Série B do Campeonato Brasileiro. Se o Vovô criou mais no primeiro tempo, não teve a perícia de concluir a gol com perfeição. Na segunda etapa, o Papão melhorou e as duas equipes chegaram com perigo ao gol, mas nada que alterasse o placar. Com o resultado, o Ceará segue na zona de rebaixamento, com apenas 18 pontos. O Papão vai a 37 e segue no G-4.
O Ceará volta a campo na sexta-feira (4), no estádio Rei Pelé, onde enfrenta o CRB, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo será às 19 horas. O Paysandu, um dia depois, encara o Boa Esporte, no Mangueirão, às 21 horas.

Ceará, Paysandu, Castelão, Série B (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)Ceará e Paysandu não movimentaram o placar no Castelão (Foto: Christian Alekson/Cearasc.com)

Muita chance, mas gol que é bom...

Em situação bastante complicada na Série B, o Ceará não demorou a partir para cima do Papão desde os primeiros minutos. Com três homens de frente, Fabinho, Rafael Costa e Siloé, o Vovô chegou várias vezes, mas ofereceu pouco perigo ao Paysandu. O ataque alvinegro parecia desentrosado. Fabinho era quem mais se aventurava na frente. Mas faltava precisão. A única chance do Papão, que se limitou aos contra-ataques, foi com Welinton Júnior. O placar seguiu inalterado até o intervalo.
Pikachu é o artilheiro do Paysandu na temporada, com 17 gols. Na bola parada, ele costuma decidir para o Papão. Mas nas duas oportunidades que teve, não conseguiu concluir com êxito. O Vovô teve boa chance com Rafael Costa, mas ficou no quase. Os jogadores alvinegros até pediram pênalti quando a bola resvalou na mão de Fahel, mas a arbitragem mandou seguir. Os técnicos fizeram suas substituições, mas nada que alterasse o placar na Arena Castelão. O Vovô era quem mais oferecia perigo ao adversário, mas não concluía bem a gol. No fim, o Paysandu pareceu aceitar o empate sem gols. Fim de papo no Castelão.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.