Brasileirão Série B

Em duelo pelo G-4, Bahia e Sampaio Corrêa empatam na Arena Fonte Nova

9/19/2015 09:46:00 PMReginaldo Júnior

Bahia permanece na quarta posição, com 46 pontos, dois a mais que o Sampaio Corrêa, que cai para a sexta posição. Equipes voltam a jogar no próximo sábado




O Bahia tentava se desgarrar dos times fora do G-4. O Sampaio Corrêa lutava para voltar à zona de acesso para à Primeira Divisão. A tarde deste sábado, contudo, não foi de objetivo alcançado para nenhum dos dois times. O empate em 1 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 27ª rodada da Série B, manteve o Tricolor baiano na quarta colocação, agora com 46 pontos. Com 44, o Bolívia Querida caiu uma posição, após triunfo do Santa Cruz.

Os gols da partida, assistidos por mais de 19 mil pessoas no estádio,  foram marcados por Kieza, de pênalti, e Jheimy. Na próxima rodada, o Sampaio Corrêa recebe o Santa Cruz no Castelão, partida marcada para o próximo sábado, às 16h30 (horário de Brasília). No mesmo dia, mas às 21h, o Bahia enfrenta o Luverdense no Passo das Emas.
Bahia X Sampaio Corrêa  (Foto: Romildo de Jesus / Future Press)Bahia X Sampaio Corrêa (Foto: Romildo de Jesus / Future Press)

O jogo

Bahia invicto como mandante? Uma posição acima na tabela de classificação? Nada disso intimidou o Sampaio Corrêa, que ignorou a forte pressão da torcida baiana na Arena Fonte Nova e partiu para o ataque. O Tricolor maranhense foi o dono das ações no início da partida. Nadson quase marcou após Douglas Pires dar rebote em chute de Edgar. Poucos minutos depois, Plínio tentou de cabeça, mas não acertou o alvo. O Bahia mal chegava ao ataque. Encaixotado na marcação, o Tricolor não tinha saída de bola e sofria com a linha de impedimento. Foi preciso uma jogada individual para mudar o panorama do jogo. Eduardo levou a bola pela direita, invadiu a grande área, deixou Willian Simões caído no gramado e viu o lateral do Bolívia Querida tocar com a mão na bola. O árbitro marcou pênalti, convertido por Kieza, que deslocou o goleiro Rodrigo Viana.

Bahia à frente no placar? G-4 mais distante? O Sampaio Corrêa não tinha outra opção senão atacar. E foi isso que fez no segundo tempo. Mas, desta vez, o esforço foi recompensado. Logo aos cinco minutos, após confusão na área do Bahia, Plínio tentou marcar e não conseguiu. Jheimy, meio sem jeito, trombou com os defensores da equipe baiana e empurrou a bola para o fundo das redes. Com o empate, a partida ganhou ainda mais movimentação. O Tricolor baiano passou a ocupar mais o campo de ataque. O Bolívia Querida respondia com contragolpes. Edgar levava muito perigo pela direita e chegou perto de desempatar em chute cruzado. O apito final veio acompanhado de vaias da torcida para o time do Bahia, que apesar dos pesares, se mantém invicto como mandante na Série B.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.