Brasileirão Série A

Ponte arranca empate na Ilha, e amplia série ruim do Sport no Brasileirão

8/16/2015 06:16:00 PMReginaldo Júnior

Diego Souza abre placar para o Leão, que amarga agora cinco rodadas sem vencer, enquanto Borges assegura ponto para a Macaca, nos minutos finais na Ilha do Retiro




No retorno à Ilha do Retiro depois de 45 dias, o Sport fez um jogo frio e se complicou ao empatar em 1 a 1 contra a Ponte Preta. O Leão abriu o placar aos nove minutos do primeiro tempo com Diego Souza e depois disso parou. A Macaca, por sua vez, usou o segundo tempo para se mandar ao ataque. Com maior domínio, a equipe paulista empatou com Borges empatou aos 38 minutos.
Com o resultado, o Sport se distancia um pouco mais do G-4. O Leão caiu para a 7º colocação, com 31 pontos. Dois a menos que o Fluminense, quarto colocado. A Ponte Preta chegou aos 26 pontos e saiu da 10ª para a 9ª colocação.  

Sport e Ponte agora esquecem um pouco o Brasileirão para pensar na Copa Sul-americana. Ainda na fase nacional do torneio, o Leão vai até Salvador para abrir o duelo contra o Bahia. Já a Macaca, recebe a Chapecoense no Moisés Lucarelli. Os dois jogos acontecem na quarta-feira, às 22h. Pela Série A, o Sport joga no sábado contra o Figueirense, e a Ponte no domingo, contra o Grêmio.

Sport x Ponte Preta (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Após abrir o placar na Ilha, Diego Souza foi parado pela marcação da Ponte (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

O jogo

O início de jogo dava a entender que o Sport sufocaria a Ponte Preta. E foi o que aconteceu, mas só até o gol, que veio logo aos 9 minutos. Numa tabela meio desengonçada, Diego Souza recebeu de André e mando para o fundo das redes. O Leão já havia chegado perto do gol outras três vezes antes disso, mas depois do gol resolveu diminuir o ritmo. E isso deu liberdade aos pontepretanos. Liderados por Bady e Borges, a Macaca passou a trocar passes no ataque  e assustar o Sport. No entanto, nenhum lance obrigou o goleiro Danilo Fernandes a fazer uma grande defesa, mas a pressão fez com que os rubro-negros deixassem o gramado afirmando que precisavam mudar o jeito de jogar.
O segundo tempo começou e se arrastou de forma monótona até os 38 minutos. Com a vantagem no placar e sem estar num dia inspirado, o Sport tentou ao máximo trocar passes para gastar o tempo. A Ponte Preta também não fez muito. Até tentou se lançar ao ataque, mas parecia um time desorganizado do meio para a frente, tanto que Danilo Fernandes, mais uma vez, não teve trabalho. A primeira bola que chegou ao gol, entrou. Gilson cruzou e Borges, sozinho, cabeceou para o fundo das redes.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.