Brasileirão Série A

Pouco inspirados, Sport e Cruzeiro empatam sem gols na Arena Pernambuco

8/02/2015 08:34:00 PMReginaldo Júnior




Gazeta Press
Sport Cruzeiro
Sport e Cruzeiro empataram sem gols na Arena Pernambuco
A Arena Pernambuco viu um grande público neste domingo, mas as duas equipes não tiraram o zero do placar. Em duelo de opostos no Campeonato Brasileiro, Sport e Cruzeiro empataram sem gols e decepcionaram os 28.018 torcedores que pagaram ingresso para assistir a partida.
Melhor mandante da competição, o rubro-negro, ainda invicto em casa, não conseguiu furar a boa marcação da equipe celeste, que tem apenas duas vitórias como visitante, mas quase saiu com a vitória fora de casa. Com o resultado, o Sport se manteve no G-4, com 29 pontos, na quarta colocação. Já o Cruzeiro, com 18, segue em sua campanha irregular no Brasileirão, na 14ª posição.

Gazeta Press
Torcida do Sport lotou a Arena Pernambuco
Torcida do Sport lotou a Arena Pernambuco 
O jogo

O primeiro tempo começou em ritmo muito intenso, com as duas equipes trocando muitos passes, propondo o jogo e tentando o gol a todo momento. Com Henrique escalado em função tática diferente, alternando entre um homem de marcação sem a bola e como armador quando o Cruzeiro atacava, o time celeste incomodava o Sport, ainda mais perigoso como mandante.

Logo aos sete, Mayke cruzou e Vinícius Araújo cabeceou rente ao gol, na primeira boa chance da partida. Aos 21, Alisson bateu para defesa tranquila de Danilo Fernandes. Os donos da casa até que mantinham boa posse de bola e faziam boas jogadas, mas erravam muito no último passe e pouco finalizavam ao gol de Fábio. Aos 29, Marlone cabeceou e o goleiro celeste fez milagre com um tapinha salvador.

Na volta para a segunda etapa, o ritmo diminuiu. Os dois times se respeitavam além do aceitável. Dono da casa, o Sport era passivo, deixando a torcida impaciente. Os rubro-negros só se animaram com a estreia de Hernane "Brocador", que entrou aos 13 minutos, na vaga de Régis.

Aos 22, o Cruzeiro teve sua primeira chance. Charles pegou rebote na grande área, mas bateu em cima de Danilo Fernandes. Cinco minutos mais tarde, um susto. Henrique foi lançado na grande área, passou por todo mundo e caiu. Na sobra, Vinícius Araújo tocou e o goleiro rubro-negro impediu o gol dos visitantes. Os jogadores reclamaram muito de pênalti.

Dali até o final da partida, pouca inspiração. O Cruzeiro melhorou com as entradas de Marquinhos e De Arrascaeta, mas mesmo criando boas jogadas, como a boa chance perdida pelo primeiro aos 44, não foi suficiente para tirar a invencibilidade do Sport em Pernambuco. No fim, Danilo Fernandes salvou cabeçada de Manoel de maneira incrível, aos 49 minutos.

Fonte: ESPN


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.