Brasileirão Série B

Em casa, Paysandu toma susto, mas bate o Oeste e se aproxima do G-4

8/15/2015 06:52:00 PMReginaldo Júnior

Jogando no Mangueirão, Papão domina, sai na frente, toma o empate, mas reage para fazer 3 a 1 e ficar a três pontos da zona de acesso. Rubrão vê Z-4 mais próximo




Paysandu x Oeste (Foto: Reprodução)  

Leandro Cearense fez os dois primeiros gols do Paysandu contra o Oeste (Foto: Reprodução)

 

O Paysandu fechou o primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro em grande estilo na tarde deste sábado ao vencer o Oeste, por 3 a 1 e fazer a festa dos quase 16 mil torcedores que foram ao Mangueirão, em Belém. Com o resultado, construído principalmente graças à tarde inspirada do atacante Leandro Cearense, autor de dois gols, o time se aproximou de forma clara do G-4 da competição. O Papão da Curuzu soube pressionar o adversário, administrar a tensão após sofrer o empate para, depois, conseguir a reação e fazer o placar que garantiu sua nona vitória nos 19 jogos do primeiro turno.

Com a vitória, o Paysandu foi a 30 pontos, ganhou uma posição e assumiu a sétima colocação, mas a apenas três pontos do último colocado do G-4. Já o Oeste estacionou nos 24 pontos, caiu para a 12ª colocação, e voltou a se incomodar com a proximidade da zona de rebaixamento – ficou com quatro pontos a mais que o primeiro time do Z-4.

Pela 20ª rodada, a primeira do returno da segundona nacional, o Oeste volta a jogar no próximo sábado, quando recebe o ABC, às 21h, no estádio José Liberatti, em Osasco, onde o time de Itápolis manda seus jogos nesta Série B. O Paysandu joga no domingo, às 11h, contra o Botafogo, no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro.

O jogo

Apoiado por sua fanática torcida, o Paysandu começou a partida em ritmo alucinante, acuando o Oeste em seu próprio campo, da intermediária para trás, e criando uma série de oportunidades para abrir o marcador. Aos 10 minutos, o goleiro Jeferson, do Rubrão, precisou se desdobrar para evitar o gol de Welinton Junior, mas aos 16 não teve jeito: após cruzamento da esquerda, de joão Lucas, o atacante Leandro Cearense sobe muito para testar firme e colocar o Paysandu na frente.


A pressão do time paraense persistiu e poderia ser ainda maior, principalmente depois que o Oeste perdeu seu principal destaque, o meia Mazinho, que sentiu lesão muscular numa arrancada. Mas na parte final do primeiro tempo, o Paysandu cansou e o Oeste começou a ganhar espaços no ataque, mas ainda sem incomodar o goleiro Ivan.

O segundo tempo começou de forma parecida ao primeiro, com o Paysandu exercendo forte pressão e criando grandes chances para ampliar, sempre com Leandro Cearense, que errou o chute aos quatro minutos, e depois viu o goleiro Jeferson fazer grande defesa em cabeceio à queima-roupa. O Oeste tentava os contra-ataque e, num deles, aos 18 minutos, Rafael Martins recebe belo lançamento, invade a área e bate no alto, sem chances para Ivan: 1 a 1.

O Rubrão teve pouco tempo para festejar: aos 24, quase num replay do primeiro gol, João Lucas cruza da esquerda e Leandro Cearense cabeceia, livre de marcação. O Oeste se lançou todo ao ataque e abriu espaços para os contragolpes do Papão, que ampliou desta forma, aos 37, ao receber na entrada da área e bater firme, no ângulo de Jeferson.

Fonte: Globo Esporte




You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.