Brasileirão Série B

Em dia de festa para Marcos, Paraná e CRB empatam sem gols em Curitiba

8/01/2015 06:43:00 PMReginaldo Júnior

Goleiro comemora 300 jogos, não é vazado, mas Tricolor não fura bloqueio do Galo




Goleiro Marcos; Vila Capanema; Paraná Clube; CRB (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)Goleiro Marcos foi homenageado na Vila Capanema (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)
O jogo deste sábado entre Paraná Clube e CRB foi marcado pelos 300 jogos do goleiro Marcos, do Tricolor. Com a Vila Capanema lotada, o arqueiro recebeu até placar da diretoria paranista antes da partida e atuou com uma camisa em alusão à marca especial. Em campo, não teve trabalho, mas também não conquistou a esperada vitória. O Paraná pressionou durante boa parte do confronto, mas não furou o forte bloqueio defensivo do Galo. Quando passou pela marcação, errou o alvo e o jogo terminou empatado sem gols.

O CRB não lamentou o resultado. Jogou a parte final do segundo tempo com um jogador a menos e segurou a pressão. O técnico Mazola Júnior havia feito as três alterações e o lateral Marcos Martins saiu de campo lesionado. Na tabela, o ponto conquistado fora mantém o time alagoano na 14ª colocação, com 19 pontos. O Paraná chegou a 20 e assumiu o 12º posto.

Terça, o Tricolor já tem compromisso fora de casa contra o América-MG. O jogo, marcado para o Estádio Independência, em Belo Horizonte, começa às 21h. O Galo volta a atuar em Maceió no próximo sábado para enfrentar o Náutico, às 16h30, no Estádio Rei Pelé. 


Fernando Viana; Vila Capanema; Paraná Clube; CRB (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)Fernando Viana perdeu ótima chance para o Paraná no primeiro tempo (Foto: Giuliano Gomes/PR PRESS)

Tricolor perde duas ótimas chances

Paraná não conseguiu impor seu ritmo no início da partida. O CRB encaixou bem a marcação e não ficou preso ao campo de defesa. Com a posse, saía para o jogo, principalmente pela esquerda, e
dificultava as ações do Tricolor.

Aos 23, a primeira chance. Fernando Viana se livrou da marcação do Galo pela direita e cruzou rasteiro. Sozinho na área, o lateral-esquerdo Rafael Carioca bateu muito embaixo e a bola subiu. Ótima chance desperdiçada pelo Paraná. O Tricolor continuava se criando pela direita e, aos 34, Henrique entrou livre na área e bateu cruzado, com violência. Fernando Vianna cabeceou, mas errou o alvo. Pressionado, o CRB se resguardou mais na defesa e se apresentou ao ataque com menos frequência. Só subia na boa.

Em jogada de ataque do Paraná, bola é disputada na entrada da área do CRB (Foto: Júnior de Melo / Divulgação do CRB)Em jogada de ataque do Paraná, bola é disputada na entrada da área do CRB (Foto: Júnior de Melo / Divulgação do CRB)

Galo segura o empate

O CRB resolveu dar um susto no goleiro Marcos. Aos dois minutos da etapa final, Somália acertou lindo passe para Ricardinho, que recebeu na área, tirou da marcação e encheu o pé: a bola passou perto do gol paranista. Aos sete, a resposta. Rafael Costa aproveitou saída errada de Wellington Saci e bateu de fora da área. Juliano precisou trabalhar para evitar o gol.

O Paraná criou outra ótima chance aos 15 minutos. A defesa do CRB errou a linha de impedimento e, sozinho, Luiz Felipe dominou na ponta da chuteira, mas concluiu errado, para desespero da torcida. Dez minutos depois, o zagueiro Gabriel tentou tirar da área do CRB e chutou em cima de Danielzinho. Por pouco a bola não entrou. Aos 33, o lateral-direito Marcos Martins saiu de campo machucado e o CRB, que havia feito as três mudanças, ficou com dez homens. Na sequência, Rafael Costa soltou uma bomba de longe, Juliano fez outra defesa difícil e garantiu um bom empate fora de casa.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.