Brasileirão Série B

Oeste perde chances, Atlético-GO vê gol legal anulado, e prevalece o 0 a 0

8/11/2015 10:32:00 PMReginaldo Júnior

Rubrão pressiona e cria várias oportunidades no final, mas Dragão, que chegou a marcar de forma limpa com Júnior Viçosa, arranca empate no estádio José Liberatti




Em um jogo complicado, qualquer investida ao ataque pode ser decisiva, sobretudo quando se consegue furar a defesa adversária. O Atlético-GO fez isso e até marcou com Júnior Viçosa, mas o assistente pegou impedimento de Jorginho, autor da assistência. Com o Oeste dono da posse de bola, mas também sem grande poder de fogo nas várias oportunidades que criou, prevaleceu a igualdade por 0 a 0 na noite desta terça-feira, no estádio José Liberatti, em Osasco.

O Rubrão chegou com Renato Xavier, que acertou o travessão do goleiro Márcio, com Halisson, que desperdiçou rebote livre, com Rafael Martins em cabeceio e chute de longe, bem como com Wagninho. Nenhum evitou o empate sem gols diante de 1.175 pagantes em partida da 18ª rodada da Série B. Décimo com 24 pontos, o Oeste joga sábado, às 16h30, contra o Paysandu no Mangueirão. Na sexta , às 21h30, o Atlético-GO, em 14º lugar com 22, recebe o Bahia, no Serra.



Oeste e Atlético-GO começaram tímidos no primeiro tempo, mas aos poucos foram se soltando. O time paulista teve maior posse de bola e contou com o atacante Júnior Negão bastante incisivo pela ponta direita. Em um jogo sem tanto primor técnico, o Dragão respondia em contra-ataques puxados pelos homens de frente: Jorginho, Willie, Arthur e Júnior Viçosa. Mesmo jogando há pouco tempo juntos, os quatro já mostram grande entrosamento.

Aos 34 minutos, uma tabela entre Júnior Viçosa e Jorginho resultou em gol para o Atlético-GO. O camisa 9 do Dragão recebeu limpa na área e marcou, mas o assistente assinalou impedimento do meia de forma equivocada. Em chute de longe, Pedro Bambu também levou perigo à meta defendida por Jeferson. Já o Oeste ameaçou com Patrik, mas Márcio evitou.

A etapa final continuou aberta, mas com um número maior ainda de chances claras de gol. No começo faltou criatividade ao Oeste, que criou apenas por meio de bolas paradas - Renato Xavier cobrou falta no travessão de Márcio, aos 20 minutos. Depois, porém, Rafael Martins quase fez de cabeça e, posteriormente, e chute de fora da área. Wagninho ainda recebeu bola na área, ajeitou, mas acertou a trave, próximo ao ângulo esquerdo. Já o Atlético-GO apostou em uma postura mais cautelosa e, pressionado, não agrediu tanto, mostrando-se contente com o empate fora de casa.

Oeste x Atlético-GO (Foto: Reprodução/Premiere)Oeste pressionou no fim, Atlético-GO teve gol anulado, e prevaleceu o empate: 0x0 (Foto: Reprodução/Premiere)

Fonte: Globo Esporte




You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.