Brasileirão Série B

Náutico faz três em casa, bate Braga e cola no G-4 do Brasileiro da Série B

8/15/2015 06:48:00 PMReginaldo Júnior

Timbu vence equipe paulista por 3 a 1 e chega aos 32 pontos, um pontinho atrás do quarto colocado, o Bahia; alvinegro de Bragança Paulista segue em 10º, com 25




Em jogo com quatro gols e pênalti perdido, o Náutico venceu o Bragantino e colou no G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B neste sábado, 15, jogando na Arena Pernambuco (tivemos 5.523 torcedores no estádio). O Timbu bateu a equipe do interior de São Paulo por 3 a 1, com gols de Patrick Vieira, Rogerinho e Stéfano Yuri. Alan Mineiro descontou no final para o Braga, que ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti com Jobinho acertando a trave.

A equipe pernambucana chega aos 32 pontos na Série B, um a menos que o Bahia, que abre o G-4. A equipe de Bragança Paulista segue com 25 pontos, no 10º lugar, nessa que foi a última rodada do primeiro turno (19 rodadas até aqui).

Náutico e Bragantino (Foto: Adelson Carneiro (Pernambuco Press))Patrick Vieira comemora gol do Náutico contra Bragantino (Foto: Adelson Carneiro (Pernambuco Press))

A próxima rodada da Série B será disputada no sábado, dia 22, abrindo o returno. Em Bragança Paulista, às 16h30, tem Braga x CRB. No mesmo horário, mas fora de casa, o Náutico vai encarar o Luverdense.

Quatro gols e pênalti perdido

O torcedor que foi à Arena Pernambuco começou o jogo desconfiado. O time da casa parecia recuado demais, com apenas Patrick Vieira mais avançado. O zagueiro Flávio cometeu uma falha individual e por pouco não deu de presente o primeiro gol para os visitantes. Na sequência, o técnico Lisca não pensou duas vezes: tirou Flávio de campo com 26 minutos e colocou o meio-campo Rogerinho. O Timbu melhorou. E chegou ao gol depois que Rogerinho foi derrubado na área por Alemão. Pênalti. Patrick Vieira pediu a bola e abriu o placar com categoria.

Náutico e Bragantino (Foto: Adelson Carneiro (Pernambuco Press))Rogerinho tirou a camisa na comemoração do segundo gol do Náutico (Foto: Adelson Carneiro (Pernambuco Press))

O Bragantino, do técnico Wagner Lopes, estava bem no início da partida, apostando na velocidade de Rodolfo e Alan Mineiro. O centroavante Lincom mostrou perigo quando a bola chegou. Mas Julio César garantiu a vitória do alvirrubro no primeiro tempo. No intervalo, Lopes mexeu no time: colocou o atacante Thiago Santos e tirou um volante. Com três atacantes, foi todo pra cima. Mas nos primeiros minutos não funcionou. A segunda tentativa foi colocar em campo o artilheiro do time, Jobinho (sete gols), atacante de velocidade, no lugar de Lincom.

E o segundo tempo foi muito movimentado. Começando com Rogerinho, aos 22 minutos, ampliando para o Náutico. Saiu do banco de reservas para resolver mesmo a partida. O terceiro veio no contra-ataque, com Stéfano Yuri driblando o goleiro e marcando o primeiro dele com a camisa alvirrubra. Todo ao ataque, o Braga desperdiçou um pênalti com Jobinho. E, logo na sequência, diminuiu com Alan Mineiro, o homem das assistências, que dessa vez deixou o dele.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.