Brasileirão Série B

Luverdense bate Náutico com direito a goleada histórica e se afasta do Z-4

8/22/2015 06:39:00 PMReginaldo Júnior

Verdão não sentiu forte calor de 36º C, controlou partida, não tomou conhecimento do Timbu e construiu a vitória por 5 a 1 com facilidade, no estádio Passo das Emas




Com a necessidade de fugir da zona do rebaixamento, o Luverdense cumpriu bem até demais o dever de casa. Os 36º C marcados na tarde deste sábado, em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, ajudaram o Verdão do Norte a sufocar o Náutico, dominar e matar a partida, pela Série B. A goleada por 5 a 1 fez o time mato-grossense sair da 17ª para a 14ª colocação, com 24 pontos. Tozin, duas vezes, Diego Rosa e Alípio, também duas, marcaram os gols - Daniel Morais descontou no fim para os pernambucanos, que caíram para a sexta posição, com 32. O Timbu não melhorou o aproveitamento fora de casa. Longe da Arena Pernambuco só venceu uma vez em dez confrontos.
O próximo jogo do Luverdense será às 19h30 da próxima sexta-feira, contra o América-MG, no Estádio Independência. Já o Náutico entra em campo no dia seguinte, às 16h30 do sábado, na Arena Pernambuco.

O JOGO

Luverdense x Náutico (Foto: Alessandro Arruda)Luverdense não tomou conhecimento do Náutico e aplicou uma goleada daquelas (Foto: Alessandro Arruda)
Não deu tempo para o Náutico respirar e, logo aos seis minutos, o Luverdense fez o primeiro gol. Com uma imensa colaboração do goleiro Julio Cesar, diga-se de passagem. O camisa 1 alvirrubro arrumou a bola, mirou e chutou... em cima de Tozin. Assim, acabou mansa no fundo do gol. Dali para a frente, o calor e os donos da casa sufocaram os pernambucanos - foram duas paralisações para a hidratação dos jogadores. Os ataques do Timbu eram pontuais. Já o Verdão do Norte, aos 18 minutos, chegou de novo ao gol. Novamente com Tozin, dessa vez, de cabeça. Enquanto os visitantes tentavam, aos trancos e barrancos, se lançar ao ataque, o time mato-grossense, na maior tranquilidade, tomou as rédeas da partida e não sofreu sustos.

Atordoado com os gols sofridos, o Náutico voltou ao segundo tempo na tentativa de se reerguer. Mas, combalido, foi engolido e viu o encontro praticamente ser finalizado aos dois minutos. Diego Rosa saiu na cara do gol e tocou na saída de Julio Cesar para anotar o três no placar. Se já estava tranquilo para o Luverdense, na etapa final, as coisas ficaram mais fáceis. Com o controle total, o Verdão do Norte só fez conduzir a partida e não tomou mais sustos. Não à toa, sem esforço, fez outros dois, perto do fim, com Alípio. Daniel Morais descontou no finzinho para os alvirrubros.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.